Após ser atropelado, cachorro foi abandonado em um abrigo

cachorro foi abandonado em um abrigo

Infelizmente, temos casos e mais casos da crueldade e da indiferença humana com os que mais precisam. Dessa vez, um cachorro foi abandonado em um abrigo após ter sido atropelado. O pequeno filhotinho chamado Chucky, passou três semanas no abrigo recebendo cuidados para a sua perna quebrada, após seus tutores se recusarem a resgatá-lo de um atropelamento. Mas graças a uma moça que viu o acidente, ele está sendo curado e o mais importante: muito amado.

Chucky, um rat terrier foi levado para o abrigo East Valley Animal Shelter, na Califórnia, no mês passado. Ele tinha ferimentos bem graves, incluindo uma ruptura na tíbia e uma fratura na pélvis.

“A perna dele estava dividida no meio” disse Kaitlyn Rice, que trabalha em um outro abrigo local. “Estava bem feia a situação do Chucky”- completou.

Felizmente, o abrigo conseguiu entrar em contato com os tutores de Chucky. Mas nem tudo são rosas, infelizmente. Após saberem do que aconteceu, os tutores do pequeno resolveram deixá-lo lá mesmo. “O pobre cachorro foi abandonado em um abrigo, por que os tutores não queriam arcar com os custos dos cuidados” – contou Rice.

Por três semanas, Chucky morou em uma jaula nos fundos do abrigo, com sua perna enfaixada. For the next three weeks Chucky lived in a cage in the back of the shelter, his shattered leg wrapped up in a splint. “Eles tentaram colocar tala e, de alguma forma, segurar a perna no lugar, mas o abrigo não tem verba para cuidar de todos os cães que chegam com algum osso quebrado” – “E são muitos!”

“O público não tem conhecimento desses cachorros. Se você for para um abrigo, dificilmente você saberá que, nos fundos, têm por volta de 100 animais com problemas de saúde e com necessidades especiais.” Nesses casos, Rice explica que, a não ser que alguma organização contra a eutanásia entre em ação ou eles sejam adotados, eles, infelizmente, são sacrificados.

 

Por sorte, Chucky foi um dos sortudos. Rice ficou sabendo do caso do pequenino enquanto trabalhava em um outro abrigo e, quase instantaneamente, se apaixonou. Apesar de não ter dinheiro suficiente para as cirurgias que Chucky precisava, ela sabia que tinha que fazer algo para ajudá-lo. Ela o pegou no abrigo na semana passada, e, desde então, os dois estão só amores.

Infelizmente, sabemos que casos de maus tratos e negligência, como esse do Chucky são cada vez mais recorrentes. Isso é horrível e de cortar o coração! Quando foi que as pessoas pararam de cuidar de seus animais de estimação? Nós não aceitamos isso de jeito nenhum, é por isso que nós dedicamos todos os nossos dias para cuidar dessas criaturas incríveis e mais amorosas impossíveis. Somos a única empresa do Brasil com certificados internacionais de dog walker e pet sitter. Vai dizer que eles não merecem? Eles merecem muito mais ainda. Por isso nós só trabalhamos pessoas previamente treinadas pela nossa fundadora que é médica veterinária pela USP e mestre em comportamento animal também pela USP.

Eles cuidam tanto da gente que merecem alguém que cuide e zele por eles. Bom, se quiser conhecer mais e entender por que somos as melhores pessoas para cuidar do seu pet, conheça nosso site!

Voltando… é de se imaginar que, devido a todo esse trauma, Chucky estivesse totalmente apavorado. “Chucky estava tremendamente apavorado. Ele me olhava com os olhinhos baixos e desconfiados. Quando eu o peguei no colo, ele segurou tão forte no meu braço com aquelas patinhas, senti o medo dele” conta Rice.

Rice conta também que, no mesmo instante que entrou no carro, Chucky relaxou “Parecia que ele sabia que estávamos indo para casa”.

Mesmo que Rice não tivesse os 1.500 dólares que a cirurgia do Chucky exigia, ela gastou todas as suas economias para garantir que ele fosse tratado imediatamente. Ela não quis perder nem mais um segundo, afinal, Chucky já tinha esperado tempo demais. E adivinhem: ela agora está angariando fundos para a cirurgia do pequeno.

Desde o seu resgate, Chucky está tão feliz que é até contagiante. “Ele é um amor, nunca fui tão feliz” Rice disse. “Ele é muito grato, ama a todos e aproveita cada momento.”

 

Rice vai prestar lar temporário para o filhotinho até que ele seja adotado permanentemente. Ela ainda diz que ele é um pet maravilhoso, muito amoroso e que qualquer um ficaria muito grato de tê-lo em casa – mesmo que ele não se dê muito bem com o gato dela rs. – mas ela disse que ele é muito sociável com outros cachorros e adora uma boa brincadeira.

“Ele é maravilhoso! Assim que pisamos em casa, ele já se sentia dono do lugar, já era outra vida para ele. Isso é ótimo. Isso tudo só mostra o quanto cachorros são fortes, se fosse uma pessoa, ela ainda estaria traumatizada, Chucky só queria brincar brincar e brincar”

Rice está agora, angariando fundos para a cirurgia do Chucky e está a procura de uma família amorosa e tão carinhosa quanto o cãozinho.

Comente com Facebook
0 Comments

Leave a Comment