Cachorro fica uma semana em porta de hospital esperando seu tutor ter alta.

Cachorro fiel espera seu tutor por uma semana em porta de hospital.

O episódio aconteceu no interior de São Paulo em Itatiba. Olívio Yamamoto estava sozinho com seu cachorro, Negão, dentro do carro quando teve um início de infarto.

Olívio conta em entrevista a filiada da rede Globo que ao sentir uma dor insuportável no peito achou que fosse morrer, e abriu o vidro do carro para que o Negão pudesse ir em busca de outro tutor. Mas seu fiel companheiro não estava disposto a deixar seu tutor e ficou dentro do carro.

Olívio então tentou dirigir até o hospital mais próximo e conta que se não fosse a companhia de seu peludo não saberia se conseguiria chegar até o hospital: “Eu não conseguia dirigir direito porque estava com muita dor, meu olho até ‘saltava’ para fora. Então ele uivava bastante e batia no meu ombro desesperado”

O tutor ficou internado por uma semana, durante esses dias Negão ficou em frente ao hospital circulando pelo estacionamento esperando que seu tutor recebesse alta. O fiel companheiro chamou a atenção não só das pessoas que passavam por lá como também dos médicos que trabalham no hospital que logo providenciaram ração e água para o cãozinho.

O senhor Olívio recebeu alta antes do que havia sido previsto, e segundo os médicos a rápida recuperação teve colaboração importante da presença de Negão“Nós esperávamos que ele até ficasse mais um tempo aqui, mas a sua recuperação foi muito rápida e, sem dúvida nenhuma, o nosso Negão aqui colaborou muito pra isso” afirma o diretor do hospital Manuel Negretti.

Para ver a entrevista completa clique aqui.

E você, tem um companheiro fiel também? Clique aqui e conte com a gente para ajudá-lo a ter um estilo de vida mais saudável e feliz.


Temos uma equipe pronta para te ajudar, nos conte mais sobre o seu pet 🐶🐱

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Seu telefone

 Dog Walker (Passeio) Pet Sitter (Visita) Hospedagem familiar

Nos conte mais sobre seu peludo

 

Comente com Facebook
1 Comments
  • Cleônidas

    Responder

    Demais!
    Até arrepiei com a história!

Leave a Comment