O que a cor das fezes de gato quer dizer?

car fezes de gato - o que fazer

O que a cor das fezes do seu gato quer dizer?

Você tem checado a caixa de areia do seu gato recentemente? Não estamos falando da areia ou do material da caixa, nem da textura da areia ou coisa assim, estamos falando de checar as fezes do seu gato – sim, o cocô do seu gato.

Pode parecer nojento ou besteira, mas as fezes do seu gato te dizem muito sobre o estado de saúde dele! Sempre que for limpar a caixa de areia, preste bastante atenção no formato, na consistência, na cor…em tudo.

Quais aspectos você deve avaliar?

– Cor

A cor normal para fezes de gatos é um marrom  parecido com cor de chocolate – huuuummmm.

Mas quando você tem que se preocupar?

Se as fezes tiverem uma cor avermelhada ou umas listras vermelhas, fique atento! Pode ser sangue.

Se as fezes estiverem pretas ou muito escuras, leve seu gato ao veterinário, ele pode estar com hemorragia no trato gastrointestinal.

Já se as fezes estiverem brancas ou pálidas, seu gato pode estar com alguma infecção no fígado ou com baixa produção de enzima digestiva.

Fezes de gato

– Forma e consistência

As fezes do seu gato devem ter um formato esticado e gordinho, como um tronco de árvore pequenininho. E devem ser firmes e “molhadas” para a areia da caixa grudar nas fezes.

Mas quando você tem que se preocupar?

Se as fezes do seu gato saírem secas e duras, provavelmente ele está tomando pouca água e isso o causou prisão de ventre, um problema muito dolorido e, muitas vezes, progressivo.

Ae as fezes estiverem com aparência de um pudim, meio redondinha e um montinho, seu gato muito provavelmente está com diarréia, ou algum outro problema no intestino – pode ter comido algo que não devia, pode ter intolerância para alguma comida  ou ele pode estar com alguma infecção por bactéria, vírus ou parasita.

– Tamanho

O tamanho que as fezes do seu gato devem ser é muito relativo, pois varia pela quantidade de comida que ele ingere.

Mas quando você tem que se preocupar?

Por ser muito particular a quantidade e a frequência que cada dono alimenta seu gato, é muito difícil estabelecer um “tamanho certo”, mas podemos te dar algumas dicas: se as fezes do seu gato diminuírem de tamanho ou a frequência com que seu gato vai na caixinha de areia diminuir junto, fique atento! Ele pode estar doente,

– Conteúdo

As fezes do seu gato devem estar livres de rugosidades ou fios, e o cheiro – obviamente não é para ser agradável como flores, mas não deve ser ruim o bastante para te tirar do ambiente por 1 hora ou mais.

Mas quando você tem que se preocupar?

É preocupante quando as fezes dos gatos têm muco, sangue, comida não digerida, tufos de cabelo e parasitas ou larvinhas.

– Tufos de cabelo nas fezes do seu gato podem acarretar também a uma prisão de ventre fortíssima.

Fique atento na urina também!

Quando estiver limpando a caixa de areia e estiver prestando atenção nas fezes, lembre-se de prestar atenção também na urina do seu gato.

Preste atenção na quantidade de urina pelas pelotinhas de areia que estiverem presentes.

Mas quando você tem que se preocupar?

Se após o seu gato usar a caixinha de areia, não tiverem pelotinhas de urina ou muitas pelotinhas ou pelotinhas maiores podem ser um problema também!

Pouca ou nenhuma pelotinha pode significar que sue gato está com bloqueio urinário.

Muitas ou pelotinhas mais largas podem significar que sue gato está com diabetes.

claylitter

Lembre-se:

A saúde do seu gato é muito frágil e precisa ser atendida imediatamente. Se você não tem o costume de levá-lo ao veterinário com frequência, leve-o imediatamente, assim que notar algo diferente em sua rotinas, seja nas fezes ou na urina.

Podemos te ajudar!

Não podemos adivinhar se o seu gato está doente ou não, mas podemos te ajudar a saber. Se você passa muito tempo fora de casa ou trabalha bastante e precisa de alguém para ficar com seu gato por um período e para poder limpar a caixinha de areia e verificar se a saúde do seu pet está em dia. Conte com o serviço de Pet Sitter da Pet Anjo!

O serviço de visita, também conhecido com pet sitter ou babá de pets, pode ajudar diversos tutores e diversas situações:

  • Tutores que passam muito tempo fora de casa, que se sentem mal deixando os pets sozinhos por muito tempo sem nada para fazer e gostariam de proporcionar bem estar aos seus pets enquanto não estão em casa;
  • Tutores de pets idosos, pets com alguma enfermidade ou que necessitam de cuidados especiais, que sofrem por nunca terem alguém para ajudar nos cuidados com os animais;
  • Tutores de gatos, aves, coelhos, pequenos roedores, répteis e anfíbios, que precisam viajar e sabem que retirar o animal de sua casa é muito estressante para o pet;
  • Tutores que fazem viagens a trabalho por curtos períodos e não querem deixar os pets em hotelzinho ou creche.

 

gato fazendo coco com sangue


Temos uma equipe pronta para te ajudar, nos conte mais sobre o seu pet 🐶🐱

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Seu telefone

 Dog Walker (Passeio) Pet Sitter (Visita) Hospedagem familiar

Nos conte mais sobre seu peludo

Comente com Facebook
0 Comments

Leave a Comment