Dog walker: como correr com cães

Se seu amigo de quatro patas já tem uma rotina de caminhada com você ou com um dog walker, que tal começar com treinos de corrida? Assim, você aproveita esses momentos para entrar em forma e também conviver mais com seu cãozinho. Mas antes de começar com os treinos, é importante conferir as próximas dicas para ter certeza que seu cachorro vai aproveitar e se beneficiar do exercício tanto quanto você. Bons treinos!

dog walker corre com cão

É importante que a atividade seja prazerosa também para o seu cão

Dog walker: seu cão está apto para os treinos?

Antes de sair por aí correndo com seu cãozinho, saiba que nem todas as raças de cachorros podem praticar corrida. Boxer, bulldog inglês, bulldog francês, boston terrier, lhasa apso, shih-tzu, pug, pequinês e todos os cães que possuem focinhos curtos não devem correr.

Os cachorros perdem calor pela respiração, e os de focinhos curtos têm esta capacidade reduzida. Por essa razão estão sempre com a boca aberta, tentando perder calor. Assim, se eles estiverem praticando uma atividade física muito intensa em um ambiente quente, eles podem não conseguir se refrescar, vão passar mal e podem até morrer durante o exercício. Por isso, uma boa opção é refrescá-los com banhos.

Mas mesmo que a raça do seu cão tinha sinal verde para os treinos de corrida, é preciso, antes de tudo, marcar uma visita ao veterinário para ver se está tudo bem com ele. O veterinário irá avaliar, através de exames, se não existe nenhuma contraindicação para a corrida.

Prepare seu cãozinho

Estando tudo bem com a saúde do seu cão, é hora de começar o seu condicionamento físico. E a dica aqui é começar devagar e ir aumentando a intensidade dos treinos progressivamente, intercalando caminhadas com pequenas corridas.

Seu cão não vai virar um atleta do dia para a noite. Em cerca de um a dois meses é que ele vai conseguir correr continuadamente.

Não exagere nas distâncias

Não crie metas ambiciosas e nem tenha muitas expectativas. Entenda que seu cachorro não é um animal de corrida e que, dificilmente conseguirá te acompanhar nos treinos de 10 km. O ideal para os cães, já devidamente condicionados, são corridas de cerca de 3 km.

Tenha sempre em mente que cães não possuem estrutura física para correr grandes distâncias.

Escolha o melhor horário

Nunca leve seu cão para correr no meio do dia ou começo da tarde. A corrida, e até mesmo a caminhada, deve ser feita no horário mais fresco do dia ou à noite. Lembre-se que as altas temperaturas do asfalto, da calçada e da areia da praia em contato com as patas do cachorro podem criar bolhas e queimaduras graves.

Não é recomendável também que seu pet corra logo após as refeições. Espere ao menos uma hora para inciar a corrida após ele ter se alimentado.

dog walker correndo com cachorro

Fique de olho na saúde e no conforto do seu cachorro

De olho na balança

Se o seu cão está acima do peso, não utilize a corrida para que ele perca peso. Colocar um cachorro obeso para correr pode acabar trazendo mais problemas, como por exemplo, a ruptura de um ligamento ou uma lesão no joelho.

Antes de se aventurar nas corridas com seu pet, convém que ele passe por um processo de perda de peso. Com dieta prescrita pelo veterinário e com um programa de caminhadas com seu dogwalker.

Utilize um conjunto de coleira apropriado

Para a segurança do seu pet e para não afetar a sua postura ao correr, é aconselhado que você utilize um conjunto de coleira que tenha a guia fixada na sua cintura, evitando assim que você precise usar as mãos.

E caso forem se exercitar em horário de pouca luminosidade ou no período noturno, não deixe de usar coleira e roupas reflexivas para maior visibilidade em áreas com trânsito de veículos.

Hidratação não pode faltar

Fique de olho na respiração do cão. Se ele estiver muito ofegante e com a língua pra fora, é hora de oferecer água para ele. Encontre um local de sombra, dê água e o deixe descansar por alguns minutos.

O ideal é que você permita que seu cão beba pequenas quantidades de água em intervalos regulares, em vez de uma grande quantidade ao final da corrida.

dog-walker-clieque-aqui-e-baixe-material-linguagem corportal-dos-caes

Clique e baixe o material “Linguagem corporal dos cães”

Seu cachorro não é um atleta

Não tente fazer do seu cachorro um atleta, este não é o objetivo da corrida. A atividade deve ser pra ele um momento de prazer ao seu lado, não um sacrifício.

Certifique-se de que seu cão esteja feliz em correr com você. Não há nada pior do que ver um cão sendo arrastado por um corredor bem-intencionado, inconsciente de seu desconforto.

Conte com a ajuda de um dog walker

Se você deseja começar a treinar com seu pet, mas não possui tempo para condicioná-lo de maneira adequada para as corridas. Uma boa opção é contar com a ajuda de um dog walker. Afinal, trata-se de um profissional preparado e capacitado para atender todas as necessidades do seu cãozinho, de forma saudável e segura.

E na Pet Anjo, você pode encontrar um dog walker perfeito para você e seu cão, podendo ficar tranquilo, com a certeza de que ele estará em boas mãos.

dog walker encontre

Clique e encontre um dog walker

Se quiser saber mais sobre como funciona o serviço de dog walker, basta acessar nosso site. E também, não deixe de seguir nosso blog, que sempre traz dicas úteis para você e seu melhor amigo viverem melhor.

 

 

 

Comente com Facebook