11 perguntas para você que acha que está pronto para ter um cachorro novo em casa

11109279_947982091918749_206998553335958743_n

Ter um cachorro novo em casa é uma experiência muito legal e gostosa, mas não é nada fácil. Decidir se você está preparado para a responsabilidade de ser tutor e descobrir qual o melhor tipo de cachorro para você e seu estilo de vida, é um passo ega importante.

Por isso, nós te ajudaremos desde o começo nessa mudança tão importante. Antes de adotar e ter um cachorro novo em casa, sente e se pergunte essas perguntas a seguir:

1: O que você espera ganhar da amizade com seu pet?

Adotar um pet de sofá para só chegar do trabalho e se aconchegar anoite é BEM diferente de ter um cachorro que aguente correr maratonas e ainda ter uma energia guardada para pular na porta quando você chegar do trabalho. Entender sua disposição e o que você espera que esse novo cachorro faça, é o primeiríssimo passo para descobrir qual raça ou temperamento é o melhor para você!

1-man-with-dog-on-beach

2: O quanto você está disposto a se exercitar?

Cachorros vêm em diferentes formas, tamanhos, cores e níveis de energia, então nós recomendamos que você pesquise, visite abrigos, petshops, converse com outros tutores e tenha sempre uma pergunta nova na manga para fazer, quanto mais informação, melhor!

Algumas raças e misturas, precisam de horas e horas e exercício diário e de qualidade, truques e brincadeiras, enquanto alguns se contentam com um passeio diário de uma hora e alguns truques (a gente pode te ajudar com mais esse ponto, clicando aqui você entende o por que). Então a gente te pergunta, quanto tempo você está disposto a reservar para se exercitar com seu melhor amigo? Esse é um ponto muito muito importante na hora de escolher seu patudo pra vida toda!

3: Você está pronto para um compromisso a longo prazo?

Ser um tutor de pets (especialmente de filhotes) significa ter que sair mais cedo daquele happy hour da empresa, sair mais cedo do churrasco do time de futebol, ter que fazer as unhas em casa (e as vezes nem fazê-las).

Não se preocupe,  a maioria dos tutores se acostuma rápido a todas essas mudanças. Mas mesmo assim, é necessário que você esteja preparado para mudanças na sua vida e no seu círculo social.

1-manwit

4: Você tem tempo para treinar seu novo pequeno?

Não importa se você adotou um filhotinho de 2 meses ou um pet adulto, ter um tempo (e uma ajudinha rs) para treiná-lo é essencial para fortalecer ainda mais a conexão entre vocês e para garantir que você tenha um pet confiável e comportado.

Cachorros idosos ou adultos, geralmente, precisam de menos tempo de treino para pegarem o exercício. Enquanto filhotinhos, tendem a precisar de mais tempo e, as vezes, até de adestramento. Mas olha, a gente te promete que funciona e te poupa de muita dor de cabeça no futuro!

5: Você está preparado para se comprometer financeiramente?

Tenha em mente que a média que uma família brasileira gasta com seu pet (incluindo todas as despesas) é de mais ou menos R$2000 por ano, por isso é muito importante que você pense MUITO e se comprometa antes de ter um cachorro novo em casa. E isso não inclui despesas surpresas como uma cirurgia de surpresa, um pet sitter que você tem que usar de emergência. E é óbvio que se você optar por ter um cachorro de raça, você deve lembrar que algumas requerem mais cuidados com o pelo, pele e saúde que outras, então isso pode elevar o gasto anual.

6: Você tem tempo suficiente para dar atenção ao seu pet?

Ser um tutor de pets é um compromisso para a vida toda e, por mais que varie de cão pra cão, a maioria precisa de, pelo menos, algumas horas de brincadeiras, exercícios e aconchego com seu melhor amigo, você.

Se sua agenda não tem nem um espacinho para seu patudo, antes de levar botar o cachorro novo em casa, lembre-se de tentar ajustá-la para ter tempo para dar amor e companhia ao novo amigo.

1-man-with-dogin-bed

7: Quanta bagunça e destruição você aguenta?

Hmmm agora o bicho pega haha. Filhotinhos são bem conhecidos pela bagunça que eles causam enquanto estão mordendo e brincando. Cachorros bem inteligentes como border collies e pastores alemães podem ficar bem destrutivos quando estão entediados.

Aliááás, você sabia que o tédio é o maior culpado dos pets destruírem a casa toda? Pois é, mas para a sua sorte, a gente não só ama pets, a gente entende muito deles também, e já escrevemos dois artigos sobre destruição. Se você clicar aqui você será levado para um artigo que te explica o por que de o seu pet estar deixando sua casa de cabeça para baixo. E esse aqui te ensina como combater e prevenir esse comportamento.

8: A sua família, ou companheiro de quarto também quer um cachorro novo em casa?

Adotar um pet afeta, por tabela, todos aos eu redor, principalmente a sua família (ou quem more com você). Antes de aparecer com um cachorro novo em casa e causar a terceira guerra mundial, tenha uma conversa franca e aberta com todos os envolvidos e tenha certeza de que todos estão aptos e dispostos a fazer sacrifícios e a ter o melhor amigo possível, por muito tempo.

9: Você tem em quem confiar nas horas de necessidade?

Criar um filhote de cachorro leva tempo, trabalho e ajuda! Por favor, não tente sair por ai pensando ser o super-homem e ou a mulher maravilha e não pedir ajuda, seu pet precisa dela.

Sabemos que, hoje em dia, confiar nas pessoas está cada vez mais difícil, principalmente quando se trata de algo tão precioso para nós: nossos pets. Por isso, a Pet Anjo existe! Deixar seu pet com qualquer um é inaceitável e perigoso, e nós sabemos que segurança e amor andam lado a lado. Por isso, a nossa fundadora, Dra. Carolina Rocha, que é especialista em comportamento animal pela USP, trouxe certificados internacionais de Dog Walker e Pet Sitter para o Brasil, tornando assim, a Pet Anjo a única empresa pet care brasileira com serviços certificados internacionalmente.

Tudo isso para te ajudar e disponibilizar pessoas treinadas e confiáveis para cuidar daquilo que é mais precioso ara você, seu pet. Se quiser saber mais do por que pagar 10 contos pro filho do seu vizinho olhar seu cachorro por 10 minutos e já descer pro pátio jogar bola não é nada bom, clique aqui, ficaremos felizes em poder te ajudar.

1-friends-with-bermese-mountain-dog

10: Como você imagina sua vida daqui 5, 10 anos?

Hoje em dia, é até possível que você tenha tempo de sobra para cuidar do seu peludo novo. Mas e daqui uns 10 anos? Apesar de não podermos prever o futuro, você pode ter uma ideia do que planeja para os eu futuro. Se você planeja morar ou ir estudar em outro país, ter filhos, viajar ao redor do mundo, abrir uma empresa, enfim, quaisquer mudanças grandes, você deve levar isso em consideração na hora da escolha do pet, para que ele se adapte ao seu futuro.

11: Se você já tem algum pet, será que aparecer com um cachorro novo em casa vai ser bom?

Se você já tem algum outro pet em casa, esse é mais um ponto para você pensar a respeito. Lembre-se que você deve levar em consideração o comportamento e o nível de socialização do pet!

Boa sorte com a escolha do novo pet e lebre-se de contar com a gente para qualquer coisa que precisar. Pet lovers ajudam outros pet lovers!

Quer conhecer mais sobre a gente e nossas formas de te ajudar?

Visite nosso site: www.petanjo.com.br

Ou entre em contato pelos telefones:

SP – (11) 99953-9409 (TIM)

SP – (11) 97603-05085 (CLARO)

SP – (11) 99757-1110 (VIVO)

RS – (51)  9509-6196 (VIVO)

SC – (48) 9166-3791 (VIVO)

Ou você pode também falar com a gente pelo email contato@petanjo.com

Você acabou de ler –11 perguntas para você que acha que está pronto para ter um cachorro novo em casa.


Temos uma equipe pronta para te ajudar, nos conte mais sobre o seu pet 🐶🐱

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Seu telefone

 Dog Walker (Passeio) Pet Sitter (Visita) Hospedagem familiar

Nos conte mais sobre seu peludo

Comente com Facebook
0 Comments

Leave a Comment