Assim como em outros animais de estimação, existem algumas enfermidades que acometem os felinos e são conhecidas como doenças do gato e muitas podem ser evitadas por meio da vacinação.

Doenças do gato: conheça as 7 principais

Conheça a seguir 7 doenças de gato e entenda como você pode evitá-las e quais perigos elas oferecem.

Gato malhado em cima da mesa

Leucemia felina (FeLV)

Sendo considerada uma das doenças mais graves por sua facilidade de transmissão, a Leucemia felina provoca muitos danos ao gato, podendo levá-lo até a óbito.

A doença viral é altamente contagiosa e costuma afetar filhotes e gatos mais novos. Além disso o sistema imunológico do animal fica vulnerável a outras infecções.

O vírus da Leucemia felina pode ser transmitido por meio do contato com a saliva, urina ou fezes de gatos já infectados pela doença, ou até mesmo de mães para filhotes no momento do parto.

Gato preto na grama

Seus sintomas podem variar entre as seguintes manifestações:

• Febre;

• Apatia;

• Perda do apetite e peso;

• Diarreia;

• Anemia;

• Batimentos cardíacos acelerados;

• Cicatrização de ferimentos demorada;

• Inflamações na região da boca;

• Dificuldade para respirar.

Contudo, a melhor forma de prevenção é seguir o protocolo de vacinação e evitar que o gato entre em contato com outros animais doentes.

Doenças do gato: Pneumonite felina

A doença produz uma série de infecções no gato, como rinites e conjuntivites. O surgimento da pneumonite em gatos se dá pelo Chlamydia psittaci.

Tendo seus principais sintomas como:

• Conjuntivite;

• Lacrimejamento excessivo;

• Espirros;

• Tosse;

• Falta de apetite.

Sua transmissão é por meio do contato direto com fluidos e secreções corporais de outros animais infectados.

E mesmo não sendo considerada uma doença letal, pode haver complicações, e assim como a doença citada acima, sua forma de prevenção também é a vacina.

Doenças do gato: Maine Coon

Panleucopenia felina

Também conhecida como cinomose felina, a enfermidade costuma afetar filhotes e gatinhos novos e é causada por um parvovírus que, de alguma maneira, está relacionado com o parvovírus canino.

Sua forma de transmissão acontece quando há contato com fluidos corporais de um animal infectado.

E, os sintomas podem variar entre:

• Febre;

• Hipotermia;

• Vômitos;

• Diarreia;

• Depressão;

• Fraqueza;

• Desidratação;

• Anorexia.

A doença é extremamente perigosa e sua ação de prevenção é a vacinação para gatos.

Doenças de gato

Calicivirose ou calicivírus felino

Ocasionada por um picornavírus, que são pequenos vírus RNA icosaédricos, a doença possui diversos sintomas, entre eles estão:

• Espirros;

• Febre;

• Muita salivação;

• Úlceras e bolhas na boca e na língua.

A disseminação da enfermidade costuma ocorrer por meio da inalação de aerossóis ou contato com a saliva do outro gato.

O vírus é considerado muito resistente e possui alto índice de mortalidade felina. Para evitar a doença o felino precisa ser vacinado.

Gato branco

Rinotraqueite felina

Metade das doenças respiratórias de gatos são ocasionadas pelo vírus herpesvírus. Ele permanece nas vias aéreas gerando infecções respiratórias.

Seus sintomas são:

• Febre;

• Espirros;

• Coriza;

• Conjuntivite;

• Lacrimejamento;

• Úlceras na córnea.

Contudo, sua disseminação acontece quando se tem o contato com secreções nasais, orais e oculares de gatos que possuem a doença, e a prevenção ideal é a vacina.

gato malhado

Doenças do gato: Imunodeficiência felina (FIV)

Altamente conhecida como a Aids felina, a infecção da FIV acontece quando há contato com o sangue ou quando um gato é mordido ou arranhado por um felino portador do vírus.

Além disso, as mães infectadas também podem passar para os filhotes. Entre os principais sintomas da Imunodeficiência felina estão: a baixa do sistema imunológico e doenças secundárias oportunistas.

Contudo, ao se infectar com as doenças secundárias e tendo sua baixa imunidade, o felino pode não resistir.

A melhor forma de evitar a doença e as sequelas que ela pode provocar é levar o gato ao veterinário e solicitar os exames clínicos e laboratoriais de rotina.

Peritonite infecciosa (PIF)

Podendo ser transmitida via transplacentária ou por meio do contato direto e contínuo de secreções orais e respiratórias, o vírus que provoca a doença acomete felinos jovens e idosos.

Os sintomas perceptíveis Peritonite infecciosa incluem:

• Febre;

• Anorexia;

• Aumento do volume abdominal;

• Acúmulo de líquido abdominal;

Portanto, a melhor forma de prevenir a PIF é restringir o acesso do seu gato à rua.

Dois gatos juntos

Agora que você já conhece as principais doenças do gato, que tal manter o seu felino com o protocolo de vacinação atualizado e com as consultas veterinárias em dia?

Comente com Facebook