Você já reparou algum pet com uma mancha de coloração amarronzada abaixo dos olhos? É a chamada lágrima ácida e se destaca por ser diferente do tom da pelagem do animal, muitas vezes ela pode até chegar perto do focinho.

Continue a leitura e descubra as causas e tratamentos para a doença.

O que é a lágrima ácida?

Popularmente conhecida como “lágrima ácida”, a cromodacriorreia é caracterizada por manchas amarronzadas e úmidas localizadas abaixo dos olhos de cães e gatos.

Mas diferente do nome propriamente dito, a lágrima não é ácida pois tem o pH neutro. O que gera a mudança na coloração do pelo é a alta concentração e o acúmulo dessa secreção fora do globo ocular.

Cachorro com lágrima ácida deitado no cão

O que causa a lágrima ácida em cães e gatos

A lactoferrina (glicoproteína existente no leite dos mamíferos que está envolvida na imunidade natural) é um dos fatores responsáveis pela coloração escura da lágrima.

E, esse mesmo parente do ferro é encontrado na saliva. Por isso que ao se lamber, alguns animais acabam ficando com as pontas das patas e barbas manchadas.

No entanto, os agentes causadores da lágrima ácida são variados, entre eles podemos citar:

Irritação nos olhos;

 Pálpebras mal posicionadas;

• Excesso de produção de lágrimas;

• Falta de absorção;

• Alteração anatômica no canal lacrimal;

 Obstrução do canal, total ou parcial;

 Excesso de pelos;

• Tártaro nos dentes de cães e gatos.

Raças propensas a terem lágrima ácida

lágrima ácida pode ser facilmente encontrada em cães de pelos claros. Como, por exemplo, cães das raças Poodle e Maltês, além dos gatos da raça Persa.

Também existem outras raças com alta tendência a terem lágrima ácida, entre elas estão:

•  Spitz Alemão

• Pequinês

• Lha Apso

• Pug

•  Bulldog

• Shih Tzu

Gato persa com lágrima acida

O que fazer para curar lágrima ácida?

O primeiro passo é levar o pet ao médico-veterinário especializado em oftalmologia.  Isso porque, o profissional precisará identificar a causa do problema para assim indicar o tratamento adequado.

Desde modo, de acordo com a origem da lágrima, o tratamento pode variar entre o uso de antibióticos, higienização diária do local, mudança de alimentação ou até mesmo uma intervenção cirúrgica.

Como limpar lágrima acida?

A limpeza do local deve acontecer sempre para que não acumule bactérias nos pelos e pele do animal.

Para isso, mantenha a região dos olhos sempre seca, limpe duas vezes ao dia utilizando gaze e soro fisiológico e massageie a região lateral dos olhos para ajudar a desobstruir o canal.

Cachorro chow-chow com lágrima acida

Gostou das dicas? Então, não se esqueça de acessar o blog da Pet Anjo para ficar por dentro de tudo sobre o ecossistema pet.

Comente com Facebook