7 Motivos pelos quais seu cachorro destrói tudo!

No post anterior, nós fizemos uma pequena introdução sobre os comportamentos destrutivos que nossos dogs desenvolvem ao longo do tempo. Neste post, vamos aprofundar um pouco mais no assunto explicando quais são as principais razões para que ele se comporte dessa maneira.

A origem: o que os antepassados do meu cachorro têm a ver com o meu cachorro destruir tudo?

Que os cachorros precisam de um ambiente que seja estimulante, com exercícios e desafios físicos e mentais todo mundo sabe (ou deveria saber). Mas você sabia que eles precisam disso por causa da história da sua espécie? Os antepassados do cachorros, há centenas de anos, passavam seus dias de modo muito estimulante, se exercitando. Quase sempre estavam caminhando, procurando por comida, interagindo com outros animais, etc.

Você deve estar pensando… “Mas os nossos cachorros, nossos filhos que temos em casa não são iguais aos cachorros de centenas de anos atrás! Isso já não interfere mais.” É verdade, anos e anos de seleção genética e proximidade com os humanos os modificou, nossos cachorros estão longe de serem lobos! No entanto, a maioria das raças de cachorros que foram criadas nos últimos séculos foi selecionada pela sua “profissão”.

 

Cachorro destrói tudo

É muito comum cachorros destruírem móveis da casa

Como eram selecionados pela aptidão para o trabalho, os tataravós (ou talvez até nem precisemos ir tão longe…) dos nossos cachorros trabalhavam o dia todo! Isso garantia exercícios físicos regulares, atividades estimulantes e problemas desafiadores para serem resolvidos todos os dias. E, mesmo hoje em dia, se observarmos os cachorros “de rua”, apesar de domesticados, eles têm vidas parecidas com as de seus parentes selvagens. Gastam cerca de 80% do período que não estão dormindo buscando por alimento, sabia?

Então, quando a gente leva um cachorro para a nossa família, apesar de acrescentarmos muitas coisas boas às suas vidas (muito amor, carinho e conforto) também acabamos por retirar alguns dos aspectos mais importantes do que é ser um animal. Nós diminuímos a oportunidade dele usar o olfato, visão e adaptações para “ganhar” a vida. Hoje os cachorros passam a maior parte do tempo dentro de casa, sozinhos, entediados, sem se exercitarem, não é? Ou seja, os cachorros ficam entediados ou frustrados quando não são estimulados, então encontram outras coisas para fazerem, como arranhar ou morder os móveis, cavar buracos no quintal, virar a lata de lixo, etc. Não tem mistério, eles precisam gastar energia de alguma forma!

Você pode estar pensando que seu cachorro já faz bastante exercício e brinca muito, que tem um quintal grande. Mas talvez, e provavelmente, não seja o suficiente! Existem recomendações gerais, mas cada animal vai ter necessidades diferentes dependendo da idade, da raça (ou das raças dos seus antepassados) e da sua personalidade.

Um cachorro da raça Border Collie (cão de pastoreio) com 2 anos de idade, por exemplo, provavelmente vai precisar de muito mais estimulação mental, exercícios físicos e atenção do que um cachorro da raça Lhasa Apso de 12 anos de idade. Faz sentido, não faz? Um humano no auge da sua adolescência e um senhorzinho idoso também têm necessidades diferentes.

7 Motivos que podem levar o seu cachorro a destruir tudo

1 – O cachorro está entediado

Esse é o motivo mais comum. Também o mais simples para se resolver, felizmente! Com bastante exercício físico e brincadeiras. Destruir, cavar e morder são comportamentos mais comuns em cachorros, especialmente filhotes e adolescentes, cheios de energia pra gastar. Geralmente acontecem por que o cachorro está conhecendo e investigando o ambiente, brincando, vasculhando lixo, comendo. Pode acontecer também por causa do surgimento dos dentes (pra coçar a gengiva) e se ele está tentando fugir do confinamento (se está separado em algum cômodo, canil, etc).

E esses são todos comportamento normais, não é? São comportamentos naturais da espécie. O que acontece é que, se o cachorro não é estimulado o suficiente, física e mentalmente, ele passa a ficar com:

  • Tédio

  • Frustração,

  • Ansiedade e

  • Solidão.

E então a intensidade desses comportamentos de destruir, morder etc, se torna insuportável para nós, seres humanos estressados com nossas vidas corridas.

 

Cachorro destrói tudo

Cachorro precisa de exercício físico regular

2 – O cachorro não tem outras opções

As vezes o cachorro nem  faz isso tantas vezes (lembrando que cada família tem limites e gostos diferentes, uns suportam mais que outros). Ok, é mais raro, mas quando o cachorro destrói, ele destrói tudo! E como diria o Sr. Murphy (da famosa lei), o local e o objeto que o animal escolheu, achou mais legal, para brincar ou morder, é justamente aquele mais caro ou favorito da casa! “Mas porque ele tem que escolher justo a minha hora para brincar?” “Porque ele teve que morder o controle remeto do televisão?”

Quer saber a resposta? Não é porque ele te odeia e quis te chatear. Não é porque ele sabe que é o seu lugar favorito e quer brincar com a sua cara. Não é porque ele tem ciúmes da televisão que você não pára de olhar. É simplesmente porque naquela situação parecia ser o lugar mais legal, o objeto mais legal, o que tinha o cheiro mais gostoso. E especialmente porque não havia outra opção mais legal ainda, uma novidade, um brinquedo com a textura que seu cachorro mais gosta, com o cheiro preferido, etc.

Isso quer dizer que, se existisse um brinquedo SUPER legal, disponível no local, e ainda mais, se fosse uma novidade, ele com certeza teria mordido e destruído o brinquedo ao invés do seu móvel preferido. Humm… interessante, hein?

 

Cachorro destrói tudo

O cachorro precisa de opções de brinquedos

3 – O cachorro é incentivado a morder

O cachorro está lá mordendo o braço da cadeira todo feliz com a vida! Então, assim que você vê isso acontecendo, fala logo: “Rex, pára com isso agora!” Duas coisas podem acontecer nessa situação: você está punindo o comportamento do Rex ou você está reforçando o comportamento do Rex.

Como um punidor para um cachorro pode não ser um punidor para outro cachorro, isso vai depender da história de vida de cada um. Por exemplo, pra um cachorro um grito do tutor pode incomodar muito, enquanto pra outro cachorro pode não ser nada, ele nem percebe. (Isso porque não existe uma definição única do que é um estímulo punidor ou reforçador, já que cada indivíduo terá reforçadores diferentes, a não ser os primários: água, comida, sexo, controle). Então, dependendo do animal, uma das situações pode ocorrer: ou a pessoa está punindo o comportamento de morder, ou está reforçando comportamento de morder.

Punição: para que a punição (P+ para os profissionais) funcione, tenha o efeito de o comportamento nunca mais acontecer, ela precisa acontecer pouquíssimos segundos após o comportamento inadequado. 10 ou 20 segundos no máximo! Além disso, ela deve ser super intensa, o suficiente para que impeça que o animal consiga fugir, evitar…driblar a situação, e deixar com que a situação aconteça de novo. Além disso, a punição não deve ser personificada, ou seja, não deve ser associada a uma pessoa (por exemplo um spray, um som de um objeto podem não ser relacionados a uma pessoa, diferente de um grito ou tapa, que é uma pessoa que dá…).

Acontece que 99% das vezes não é isso que vai acontecer. Quase sempre será uma punição personificada (você ou alguma pessoa da família falará algo como punição, ou fará algum gesto, etc), atrasada (demorará mais de 20 segundos para acontecer, as vezes até horas depois do ocorrido) e não na intensidade necessária (felizmente, pois a intensidade necessária provavelmente machucará e muito o cachorro). Ou seja, poderá não ser uma punição, poderá ser um reforço. A Dra. Carolina Rocha, especialista em comportamento animal e fundadora da Pet Anjo falou um pouco mais sobre punição nesse artigo.

Reforço: quando reforçamos algo (R+ para os profissionais), adicionamos um estímulo bom, gostoso, prazeroso no ambiente. Uma fala doce e motivadora, atenção, um brinquedo, um petisco, um carinho… E o que acontece quando reforçamos um comportamento é que ele tende a acontecer mais vezes no futuro, “aumenta a probabilidade daquela resposta ocorrer”. Então, quase sempre, quando damos atenção ou brigamos com nossos cachorros quando eles destróem alguma coisa em casa, acabamos, sem querer, fazendo com que o comportamento aconteça ainda mais!

4 – O cachorro simplesmente está com fome

Alguns cachorros podem morder coisas por causa de uma alimentação deficiente em alguma substância. Ou porque estão com fome devido à uma dieta. Se seu cachorro começou a morder tudo depois que começou a fazer uma dieta, trocou de alimentação ou está sofrendo de algum problema de saúde relacionado ao metabolismo e/ou alimentação, este pode ser o caso. Vale a pena considerar essa opção. O uso de alguns medicamentos também pode aumentar o apetite, e por isso seu cachorro pode estar mordendo e lambendo tudo, e virando lixo – nesse caso é tudo culpa do remédio!

Mas, e se o seu cachorro só destrói uma coisa em particular, que tem um cheiro bem específico ou um gosto bem específico? É possível, então, que ele tenha um gosto bem apurado para esse material e simplesmente goste de morder esse objeto específico. Gosto é gosto e não se discute (ou se discute…?)!

5 – O cachorro está cuidando do seu território

Se o seu cachorro está arranhando todo o portão que dá para a porta do vizinho, destruindo a grama próxima à cerca, mordendo toda a cortina da janela, raspando o piso deste local, etc… Seu vizinho provavelmente esta p… da vida com você e seu cachorro está simplesmente protegendo seu espaço. Os cachorros que destroem por isso, geralmente também fazem marcação com urina.

 

Cachorro destrói tudo

Cachorro destrói tudo quando está cuidando do espaço

6 – O cachorro está sofrendo de algum problema comportamental

Alguns problemas comportamentais podem levar o animal a destruir a casa, morder objetos, virar o lixo, etc. O comportamento vai acontecer de maneiras diferentes dependendo do problema. É indispensável, nesses casos, buscar por um profissional da área do comportamento animal, seja um veterinário comportamentalista ou um adestrador qualificado. Ah, e fuja dos que falam em “líder da matilha”, “submissão”, “dominante”, que usam enforcador, coleira de choque, “toquinhos”.

  • Ansiedade de separação: o cachorro destrói quando está sozinho em casa. Neste artigo falamos um pouco sobre como prevenir e tratar quando surgem os primeiros sinais de AS.
  • Medos ou fobias: é muito comum animais com muito medo de sons, como fogos de artifício, trovões, chuva, arranharem as portas ou locais de saída. Muitas vezes isso acontece na tentativa de fugir mesmo, por causa do medo e da ansiedade. Nesse artigo a Dra Carolina Rocha, fundadora da Pet Anjo e especialista em comportamento animal, explica algumas maneiras de ajudar animais ansiosos e medrosos.
  • Compulsão: são comportamentos repetitivos e exagerados, que dependendo de como ocorrem, podem representar uma doença compulsiva. É possível que o comportamento de morder, cavar, destruir, se for muito exagerado, seja considerado um transtorno compulsivo. Só o profissional vai poder dizer.

7 – O cachorro pode ter outros problemas médicos

Alguns problemas de saúde podem levar os cachorros a morderem objetos, as vezes lamberem e sugarem também. Se seu cachorro de um dia para o outro começou a apresentar esses comportamentos, ou se começou a beber muita água, fazer muito xixi, comer muito ou perder peso, busque um médico veterinário. Alguns problemas médicos podem ser:

  • Problemas bucais, como irritação na gengiva
  • Problemas gastro-intestinais,
  • Problemas neurológicos,
  • Problemas metabólicos, especialmente se bebe muita água e faz muito xixi, come muito, perdeu peso, etc.
Cachorro destrói tudo

Cachorro destrói tudo porque precisa de mais estimulação

Ou seja, depois de tudo isso ficou um pouco mais claro que nossos dogs precisam de estimulação física e mental pelo simples fato de ser uma necessidade natural de sua espécie. E isso não é um luxo ou coisa de “cachorro de madame”. Todos cães precisam disso, e como previnir é sempre o melhor remédio, alie-se a esses pontos e crie novos hábitos para que seu peludo diminua e pare de se comportar de maneira destrutiva.

Nós podemos te ajudar!

Você com certeza não quer que seu dog destrua a casa, vire o seu lixo, acabe com o jardim. Mas provavelmente você também não tem tempo pra fazer aqueles passeios longos, gastar bastante a energia. É, o dia-a-dia está cada vez mais corrido (mas os cachorros não têm culpa disso!).

Pra te ajudar a manter o Totó sempre ocupado, feliz, livre de problemas indesejados e pra garantir que sua casa fique inteira, a Pet Anjo oferece o serviço de passeio (dog walker).

O passeio (dog walker) da Pet Anjo não é só para seu cachorro sair na rua, fazer xixi e voltar, e também não usa puniçao (que hoje em dia não está com nada…). O dog walker serve pro seu cachorro se exercitar, ser estimulado, ter enriquecimento ambiental e social e alcançar diversos benefícios para sua saúde física e mental – especialmente a prevenção da destruição da casa.

Se interessou? Clique no banner abaixo para conhecer os Anjos mais próximos a voce!

cachorro destrói tudo

Comente com Facebook