Como fazer seu cachorro parar de destruir tudo

meu cachorro destrói tudo

Como fazer seu cachorro parar de destruir tudo

E se existisse um método eficiente pra fazer seu cachorro parar de destruir as coisas, casa e o jardim, sem ter que se estressar, brigar, bater, “se tornar o líder”, e ainda aproximando vocês dois? Nesse artigo a gente vai te ensinar como fazer isso, e é mais simples do que você pensa.

Ah, e se você tem um cachorro destruidor em casa e pegou o bonde andando nesse post, a gente recomenda que antes você leia o post “porque seu cachorro destrói tudo”, onde a gente contou os motivos que podem levar seu amado Toy a deixar sua casa e plantas de cabeça pro ar.

como cachorro para destruir tudo

Em geral, são 4 grandes motivos para os cachorros destruírem os objetos:

1. porque está com tédio e não tem outra opção a não ser destruir,

2. porque é reforçado pelas pessoas,

3. porque está cuidando do seu território e

4. porque esse é um problema secundário a um problema comportamental ou de saúde.

Como fazer seu cachorro parar de destruir tudo através de uma rotina diária de exercícios físicos e brincadeiras

Os cachorros precisam de um ambiente estimulante. Muitos cachorros não são estimulados o suficiente pois não têm canais de escape. Eles não conseguem dar vazão aos comportamentos normais, como caminhar, correr, cheirar, ver coisas novas… Vão partir para comportamentos menos desejáveis para preencher esse vazio… As vezes até levando a quadros compulsivos.

 

Você pode até pensar que seu cão faz muito exercício e tem muitos brinquedos. Mas você está vendo do seu ponto de vista humano. Ver do ponto de vista do animal é muito diferente:

– Um passeio de 30 minutos diários não é o suficiente, os cães estariam caminhando quase 80% do dia.

– Um quintal grande do ponto de vista humano é um cubículo para um cachorro, que teria territórios de poucos milhares de metros quadrados.

– Passeios de final de semana não são diversão e exercício o suficiente, muito menos escape para sua energia.

– 10 brinquedos de squeacky não oferecem a diversidade, desafios e complexidade que a vida livre oferecia.

– Os mesmos 40 brinquedos que estão na cesta há 1 ano, não são mais estimulantes como eram há 1 ano atrás.

Cachorro destrói tudo

Cachorro destrói tudo

 

1. Faça longas caminhadas de pelo menos 1 hora de duração por dia

Passeio de 30 minutos não é o suficiente – longas caminhadas, cansar positivamente (e cuidado: sem uso de punição, que pode levar a mais ansiedade…), não adianta ter quintal grande! não adianta passeio só de final de semana! Até que ele aprenda a diferença, tente deixar a sua casa a prova de cães: não deixe acessíveis objetos que ele goste de mastigar. Em substituição, dê a ele um brinquedo apropriado para morder e sempre o agrade por estar fazendo a coisa certa.

 

2. Se conhecer outros cachorros, que sejam sociáveis, crie interações sociáveis supervisionadas

Para cachorros que tiveram uma boa socialização quando filhotes, a interação com outros cachorros pode ser muito positiva. Acrescenta desafios, mudanças positivas na rotina. Mas tome cuidado se seu cachorro é tímido, medroso ou sensível. Alguns cães simplesmente preferem ficar sem contato com outros cães. Isso, aliás, é muito comum em raças selecionadas para trabalhar com rebanhos, como o Australian Cattle Dog e Border Collies. Ah, e nunca force o contato de forma alguma. Isso, além de criar uma associação negativa e aumentar ansiedade, pode até levar a uma reação aparentemente agressiva, mas que na verdade é de medo e defesa.Cachorro destrói tudo

3. Redirecione a mordida e destruição para o que pode ser destruído: muitos e bons brinquedos

A melhor forma de fazer com que ele pare de morder o que não deve é dar mais oportunidades para ele morder, roer, destruir o que deve. Ou seja, redirecionar o comportamento indesejado para coisas que ele pode morder. E, ao mesmo tempo, não deixar que ele morda, roa, mastigue, destrua coisas que não pode. Faz sentido? E como fazer isso?

– Oferecer brinquedos resistentes. Sabe aqueles ossos especiais que duram quase a vida toda? E brinquedos educativos. Aqueles que parecem cada vez mais com os brinquedos complexos de crianças, que criam desafios mentais. Existem muitas opções no mercado, algumas mais caras e outras menos: Kongs de vários formatos, tabuleiros Pet Games, ossos Buddy Toys, orelhas de boi defumadas…

– Escolher brinquedos seguros, de marcas de confiança, que não tenham materiais tóxicos, e tome cuidado para não serem engolidos. Se o brinquedo oferecer algum risco pequeno, sempre supervisione enquanto ele estiver brincando.

– Retirar coisas que ele não deve morder ou destruir do local que o cachorro fica. Se você não tiver como fazer isso, as vezes é mais fácil manter o cachorro em um outro lugar, seguro e sem brinquedos que ele pode destruir ou se machucar. E ele só vai poder sair desse lugar se alguém estiver supervisionando ele. Isso até o problema melhorar, aí é vida livre novamente.

– Não dar coisas suas para ele morder ou o encorajar a brincar com elas.cachorro bagunceiro

– Se ele tem um gosto muito particular, só morde ou destrói coisas com características muito específicas: escolher brinquedos parecidos com as coisas que ele morde.

– Dar refeição no brinquedo ao invés de no pote de comida. Brinquedos como os Kongs, Pet Ball, etc, são ótimas e duradouras alternativas.

– Sempre que o cachorro for em direção, encostar ou pegar o brinquedo educativo, faça uma festa, acaricie, elogie, dê um petisco. Ou seja: reforce esse comportamento desejado.

 

Como os animais aprendem e quais bases usamos para ensinar um cachorro a não destruir tudo?

Os cachorros (e os demais animais) não sabem o que é certo e o que é errado, que morder um sapato é errado e que morder um ossinho é certo. E falar isso não é dizer que eles são menos capazes, menos inteligentes, menos bons que nós, humanos (até porque a gente, da Pet Anjo, acredita que os animais são muito mais inteligentes e bondosos que os humanos). Os cachorros não sabem o que é certo e errado por que esses são valores criados pelos humanos.

Afinal, cada país tem valores de certo e errado diferentes, no Japão, por exemplo é considerado normal/correto gritar para chamar o garçom dentro dos restaurante, o que no Brasil é considerado uma falta de respeito/errado. As crianças também, vão aprendendo com o tempo o que é certo ou errado porque a sociedade vai “obrigando”… Enfim, vou parar por aqui, porque isso é papo para muitos posts.

Os cachorros, demais animais, e também os animais humanos aprendem, resumidamente, de duas formas:

– Por associação: aprendizado emocional sobre o que é seguro (associação positiva) e o que é inseguro (associação negativa).

* Por exemplo do Totó pensando: quando vejo meu dono/tutor pegar a guia já fico feliz pois a guia já foi associada com passeio, que é algo que eu gosto/que é bom; quando vejo a clínica veterinária pela janela do carro já começo a ficar com medo pois a clínica já foi associada a vacina, dor, outros animais, cheiros desconhecidos, que é algo que eu não gosto/não é bom.

– Por consequência: o que acontecer logo após minha ação, se me trouxer resultado positivo/bom, vou repetir mais vezes); o que acontecer logo após minha ação, se me trouxer resultado negativo/ruim, não vou repetir mais vezes.

* Por exemplo do Totó pensando: quando eu sento para esperar para atravessar a rua, meu dono fala super feliz comigo e me faz um super carinho, que é um resultado ótimo; quando eu mordo o sapato da minha dona/tutora, minha dona grita comigo e faz uma cara de brava, e eu odeio!

Então, para ensinar qualquer coisa aos cachorros, precisamos seguir esses princípios da análise do comportamento. Quando ensinarmos ao cachorro o que ele pode e não pode mastigar, destruir, cavar, vamos ensinar através do que dá ou não dá resultado, e do que tem associação positiva ou negativa, não do é certo e o que é errado.

4. Novidade é sempre bom: crie brinquedos novos a partir dos brinquedos velhos!

Um dos fatores que faz com que seu cachorro goste de um brinquedo é ele ser uma novidade. Quando você chega com sacola do mercado ou pega e mostra algo novo, seu cachorro não fica maluco, super animado achando que é pra ele? E você não precisa gastar todo o seu salário em brinquedos para poder ter novidades para o seu pet! Existem duas maneiras para oferecer novidades ao seu pet, gastando pouco:

– Rotacionando os brinquedos: junte todos os brinquedos e depois divida-os em kits de 2 ou 3 brinquedos. Guarde os que você não vai disponibilizar para o pet na quinzena ou semana. E vá fazendo isso, alternando os brinquedos, para que sempre haja algo novo e interessante. E remova se houver algum quebrado ou que possa machucar o cachorro.

– Criando brinquedos novos a partir dos antigos: sabe aquele brinquedo em forma de bola que teve furos e já foi costurado várias vezes? E se você costurar mais umas fitas, cordas, colocar dentro de uma garrafa ou pote de plástico, criando desafios para seu pet? Você pode também juntar brinquedos unindo vários mais velhos… Use a imaginação e seu lado de artesã!

Como fazer seu cachorro parar de destruir tudo

5. Ensine novos comportamentos e tarefas, já que essas são boas maneiras de exercitar a mente e corpo

Ensine novos comportamentos: senta, deita, rola, fica, pega, vem, dá a pata… Ixi, é uma lista sem fim! E dê novas tarefas para ele executar: traz o jornal, pega a bolinha, segura a colher no nariz, acha o petisco… Faça esportes com seu cachorro: agility, flyball, fresbee, corrida… Todas são opções de enriquecimento mental e exercício que seu cachorro vai adorar!

Exercitar seu cachorro para fazer ele parar de destruir tudo

6. Aumente o acerto evitando o erro

Quando falamos de saúde e bem estar, prevenir é sempre mais indicado. Não esqueça de guardar bem guardado objetos que não devem ser mordidos. Não deixe nada que tem risco de ser mordido ao alcance do seu cachorro. Não fazemos isso com crianças? A gente tranca as gavetas, tira os produtos de limpeza do alcance de bebês humanos. Lembre-se que a melhor maneira de proteger os objetos e o seu cachorro é não deixar que ele crie o hábito de morder.

Como fazer seu cachorro parar de destruir tudo através do reforço dos comportamentos desejados

Queremos incentivar o cachorro a morder e destruir o que ele pode. Já entendemos que achar que ele nunca mais vai morder e destruir nada é errado. Ele vai precisar ter coisas que ele pode destruir, não adianta achar que esse comportamento nunca mais vai acontecer.

A questão é que agora, ao invés de morder o seu sapato preferido, ele vai morder o brinquedo novo, coisas que você selecionou para ele morder. Sempre que ele fizer isso, vamos incentivar! Se o cachorro for em direção, encostar ou pegar o brinquedo educativo, a gente vai fazer uma festa, acariciar, elogiar bastante, dar um petisco bem apetitoso!
Além disso, dê pequenos e intensos períodos de atenção todos os dias! Programa períodos de brincadeira e intreração para incentiva-lo a interagir com calma e não ficar tão ansioso.

 

Como fazer seu cachorro parar de destruir tudo

Como fazer seu cachorro parar de destruir todo o perímetro da casa ou as portas, janelas.

Se o problema acontecer devido à defesa do espaço, da casa:

– No início bloqueie as janelas com cortinas ou outros materias que diminuam o estímulo externos, ou seja, o cachorro do vizinho. Simplesmente para ele não ver o vizinho.

– No início ligue a TV, o som, abafando e diminuindo a percepção do som de fora som.

E, enquanto faz isso, busque por um profissional que implemente um plano de terapia comportamental baseado em dessensibilização e contra condicionamento dos estímulos visuais e sonoros.

 

meu cachorro destruiu minha casa


Mas e se o cachorro começar a destruir, morder, cavar?

A pergunta que não quer calar! Mas e se o cachorro fizer a coisa errada, morder coisa errada, destruir o que não deve? Vamos tentar evitar que isso aconteça, retirando os objetos do local, mas isso não vai funcionar 100% das vezes.

Não vamos brigar, empurrar, gritar, punir o animal. Se a gente vir isso acontecendo na nossa frente, vamos imediatamente, dar um aviso pra ele: falar “a-ha”, “oioi”… Uma palavra curta e simples, dita no seu tom de voz normal. E assim que falarmos o aviso, vamos pedir para ele fazer alguma coisa: sentar, olhar pra gente, vir até a gente, pedir para pegar um outro brinquedo, etc. Com isso estamos redirecionando o animal para o comportamento certo e podemos, logo em seguida, reforça-lo por isso!

Se a situação estiver muito, mais muito difícil, você pode colocar cheiros ruins ou gostos amargos no objeto ou local para evitar que ele morda. Um pouco de limão com água não faz mal ao animal, mas tem um gosto ruim. Mas não use isso como sua primeira, nem segunda opção.

Queremos evitar que ele faça o comportamento errado. Lembre-se que é interessante selecionar um local específico, uma área cercada e sem objetos que não podem ser mordidos local, retirar as coisas que podem ser destruídas.

meu cachorro come papel higienico

E se a destruição é secundária a um problema comportamental ou de saúde geral?

Se o cachorro está sofrendo de algum problema comportamental:

– se só quando está sozinho;

– se faz isso o tempo todo parece que não consegue controlar e acompanhado de sugar e/ou lamber;

– se tem medos ou fobias

Ou se está sofrendo de algum problema de saúde relacionado à:

– boca,

– sistema gastro intestinal,

– mudanças na alimentação,

– está muito quieto,

-tem alteração de urina ou fezes,

– bebe muita agua

Procure por um médico veterinário comportamentalista ou adestrador/educar de cães de confiança. Sempre aqueles que não se baseio em punição e que não usam termos como “dominante”, “lider da matilha”, “submisso”…

Mas não deixe de oferecer para ele muito exercício físico, especialmente longas caminhadas, e brincadeiras e interação. Esses são fatores que muitas vezes farão o processo de tratamento caminhar muito mais rapidamente e com muito mais bem estar. Mas com cuidado, sempre seguindo os sinais que seu cachorro te passa: equilíbrio é chave.

Se o seu cachorro cava todo o quintal

Se seu cachorro cava todo o quintal ou destrói as plantas do quintal, separe um pedacinho do quintal para o seu cachorro. Deixe um canto sem plantas, com areia ou terra para que o seu cão possa cavar bastante sem estragar as suas coisas. Assim ambos ficam felizes!

Se você quer parar a destruição do seu cachorro, a gente pode te ajudar

Você com certeza não quer que o Toy destrua a sua casa, vire o seu lixo, acabe com o jardim. E principalmente: que ele sofra! Você deve ser uma pessoa ocupada, que trabalha muito, o que torna mais desafiador ter tempo para fazer um passeio longo com seu dog! O dia-a-dia está cada vez mais corrido mesmo (e os cachorros não têm culpa disso!).

Pra te ajudar a manter o Toy sempre ocupado e longe das suas coisas, a Pet Anjo oferece o serviço de qualidade excepcional de passeio (dog walker). Mas não é qualquer dog walker, não é igual porteiro que passeia com cachorros nos intervalos, nem igual ao vizinho que quer ganhar uma graninha no final do mês. Nada contra eles, mas… Estamos falando de algo diferente! de qualidade de vida e treinamento superior. Na Pet Anjo você encontra os  profissionais do ramo, os melhores, até com certificado internacional de dog walkers (eu juro que existe isso, e nós somos a única empresa brasileira que tem o certificado! Além de ser uma empresa fundada por uma renomada médica veterinária brasileira, a Dra Carolina Rocha).

Como fazer seu cachorro parar de destruir tudo

O passeio (dog walker) da Pet Anjo não é só para seu cachorro sair na rua, fazer xixi e voltar, e também não usa puniçao (que hoje em dia não está com nada…). O dog walker serve pro seu cachorro se exercitar, ser estimulado, ter enriquecimento ambiental e social e alcançar diversos benefícios para sua saúde física e mental – especialmente a prevenção da destruição da casa.

Se interessou? Visite nosso site e se cadastre, ou fale com a gente pelo chat ou por telefone!

 

Comente com Facebook
4 Comments

Leave a Comment