Assim como os seres humanos possuem uma linguagem corporal para expressar seus sentimentos, os cães também possuem e é chamada de linguagem canina.

Continue a leitura e descubra tudo sobre a linguagem corporal dos cães.

Tutora olhando para o cachorro dentro de uma banheira

Qual é a linguagem dos cachorros?

Os cachorros são extremamente sociais e domesticados, e suas principais formas de comunicação: olfativa, auditiva e visual se chamam linguagem canina.

Além disso, os sinais mais comuns e importantes envolvem expressões que antecedem algum próximo comportamento do animal. Ou seja, sinalizam um momento de calma ou estresse para o cão.

De acordo com a American Veterinary Medical Association (AVMA):

“É um fato que qualquer cão pode morder se provocado. Mas, se um cão se encontra em uma situação estressante, ele pode morder para se defender.”

Por isso, é muito importante que o tutor compreenda a linguagem corporal dos cães, pois ela pode anunciar que ele está desconfortável. Assim, compreender os sinais do seu pet garante o bem-estar do animal.

Cachorro feliz dando as patas para a sua tutora

Como saber o que os cachorros estão falando?

Para cada sentimento do cão é necessário identificar uma expressão corporal, conheça os sinais que ele transmite:

Cachorro em situação de alerta

Os cães costumam reagir sempre que ouvem um barulho estranho, quando o dono chega em casa ou quando veem outro animal passeando.

Portanto, esteja atento aos sinais a seguir, pois o cão sempre reagirá de alguma forma após um sinal de alerta, como por exemplo:

– As orelhas ficarão voltadas para a frente;

– A cauda está alinhada com a altura do corpo;

– Boca fechada;

– Apoio na ponta da pata dianteira.

Linguagem canina: sinais de ameaça 

Quando um cachorro se sente ameaçado ele possivelmente vai atacar diante de qualquer situação. Esteja atento aos seguintes sinais:

– Rabo erguido e rígido;

– Pelos arriçados;

– Cantos da boca para frente;

– Focinho franzido;

– Orelhas para frente;

– Peso na ponta das patas.

Cão Relaxado e neutro:

Essa linguagem é muito comum e é um sinal de que o cachorro está feliz em situações confortáveis. Confira os sinais:

– Cauda relaxada;

– Boca aberta e relaxada;

– Orelhas em posição natural ou levemente inclinadas para trás.

Linguagem canina: Cão Relaxado e neutro

Submissão passiva:

Muitas vezes essa linguagem corporal vem na sequência das expressões corporais acima, isso quer dizer que o cão se sente altamente confortável, portanto, ele estará:

– De barriga para cima;

– Com a cauda entre as pernas;

– Cabeça virada de lado.

Linguagem canina: Cachorro em submissão passiva

Submissão ativa:

Ao levarem uma bronca, é muito comum que os cachorros fiquem totalmente obedientes e quietinhos, não é mesmo?

Essa reação é uma tentativa deles se livrarem de uma possível ameaça, confira abaixo os sinais corporais emitidos:

– Cauda superbaixa;

– Corpo rebaixado;

– Orelhas para trás;

– Movimentos rastejantes;

– Lambedura da boca;

– Não faz contato visual.

Em resumo, esses são as linguagens caninas quando trabalhadas em conjunto. Mas e quando notamos expressões corporais isolada, como por exemplo a maneira como o animal abana o rabo, você sabe o que elas querem dizer? A gente te explica.

Linguagem canina: como compreender

Assim como você pode observar acima, são diversos tipos de comunicação quando o assunto é linguagem corporal canina. Sabia que se o animal abanar o rabo mais para a direita, isso quer dizer que ele está vendo algo que gosta.

Linguagem canina: como compreender

Por outro lado, quando o rabo está sendo abanado para a esquerda, significa que ele se sente inseguro ou intimidado. Outros sinais isolados são:

Abanando o rabo bem rápido:

Quando se tem um cão abanando o rabo de maneira ampla e rápida quer dizer que ele está feliz em te ver.

Rabo bem em pé:

Isso quer dizer que ele está confiante e tudo está sob controle.

Balançando o rabo de forma solta e horizontal:

Essa expressão corporal quer dizer que o o cão está neutro, em dúvida.

Abanando o rabo de forma rígida, em pé, eriçado e estremecendo:

Ele está estressado, ou seja, possivelmente agressivo e pronto para avançar.

Linguagem canina: cão bocejando

Assim como nos seres humanos, o ato de bocejar pode indicar sono ou cansaço, no entanto, quando se trata de linguagem canina, um cão bocejando também pode indicar estresse ou espanto.

Desviar o olhar:

Geralmente o cachorro desvia o olhar quando está incomodado.

Lamber o focinho:

Este sinal representa que o cão está incomodado, nervoso com alguma situação. E assim como os outros sinais, se não for respeitado, o animal pode avançar.

Rosnar:

Rosnar é um aviso claro e objetivo de que o cão quer que você ou o outro cão se afaste, se não for respeitado, ele irá morder ou avançar.

Cachorro rosnando

Agora que você já sabe tudo sobre a linguagem canina, que tal ficar atento aos sinais emitidos pelo seu pet e deste modo garantir o bem-estar e conforto dele?

Comente com Facebook