Dog walker ensina: como passear com um cachorro medroso?

A maioria de nós conheceu ou, pelo menos, viu um cão tímido e temível em algum momento. Talvez um vizinho tenha um, talvez você tenha visto um em um abrigo, ou o seu cachorro é um cão medroso. Por isso o Dog walker ensina de hoje vai te dar dicas para passar com esse animal mais introvertido.

A maioria dos cães que conhecemos são sapecas, alegres e adoram conhecer novas pessoas e lugares, porém essas qualidades podem ficar um pouco escondidas em um cão medroso.

Não é que ele não quer sair para passear ou conhecer coisas novas, ele só tem uma personalidade um pouco diferente, e tudo bem, existem estratégias para que você possa lidar com isso de maneira normal.

Então hoje separamos uma série de dicas para você por em prática e aprender como passar com um cão medroso, ou até mesmo contar para o seu passeador caso ele não saiba ainda e precise melhor o desempenho com seu animal.

Dog walker explica porque seu cão é medroso

Existem períodos críticos no desenvolvimento de um cachorrinho, chamados de “janelas de socialização” e quase toda a personalidade de um cachorro é moldada durante seu primeiro ano de vida, sendo as primeiras 12 semanas as mais importantes.

A sociabilidade supera o medo no primeiro estágio de um filhote de cachorro, tornando esta “a principal janela de oportunidade para cachorros se adaptarem a pessoas, animais e experiências novas”.

Durante este tempo é que um cachorrinho aprende a desfrutar da companhia de pessoas, a agir adequadamente em torno de outros cães e a experimentar uma série de circunstâncias e situações sem medo.

Após as primeiras 12 semanas, a maioria dos cachorros se move para a fase de desenvolvimento inclinada ao medo e depois disso, se o filhote jovem não tiver sido socializado adequadamente, pode ser extremamente difícil para ele se adaptar a pessoas desconhecidas, cães e experiências.

Isso é mais do que um simples inconveniente, a timidez e o medo podem levar a agressões se não forem manipuladas adequadamente.

cachorro medroso passeia com dog walker

 

Passeador explica como passear com um cão medroso

Se você compartilha sua vida com um cão tímido e medroso, seja um dono de animal de estimação responsável, ajude o seu cão a se tornar um companheiro confiante e estável, cautelosamente, mas consistentemente apresentando-o a outras pessoas, outros cães bem-socializados e novos ambientes fora de sua casa.

As caminhadas diárias em uma trela são geralmente a maneira mais prática de fazer isso.

O primeiro passo para que seu animal perca o medo de sair de casa é ficar com ele em um local onde ele esteja calma e se sinta seguro, e daí por diante recompensa-lo com petiscos saborosos a cada passo.

Ande para um lado chama-o e o recompense, faça carinho e de elogios, mesmo que ele não consiga andar longas distâncias, isso já será uma grande vitória em sua vida.

Devagar vá aumentando todo o percurso, nunca forçando o cão caso ele não queira, e se perceber que o problema são os barulhos e movimentações da rua, comece o treino de associação positiva em um local mais calmo, como parque ou praça.

Dessa maneira ele começara a aprender a andar em um local mais agradável e ficará mais propenso a ir para lugares movimentados. A paciência e a compreensão são sempre a chave para o sucesso.

Dicas para passear com cachorro medroso:

  • Estabeleça uma rotina de caminhada, cães gostam de consistência sabendo o que vai acontecer a seguir;
  • Comece cada caminhada de uma posição sentada, dê ao seu cão o comando de sentar e prenda calmamente sua coleira;
  • Esteja relaxado e confiante enquanto começa a caminhada, os cães tímidos são facilmente influenciados e se alimentam de seu humor e atitude;
  • Mantenha um ritmo acelerado e caminhe com um propósito, assim aventure-se em áreas ocupadas e desconhecidas;
  • Recompense seu cão com um tratamento de petiscos ou outro item quando ele for corajoso e ignore ele quando ele tem medo;
  • Tenha sensibilidade e paciência, já que isso é fundamental e o cão consegue perceber quando seu dono desaprova algo, por isso mostre para ele que andar é algo prazeroso, seguro e divertido;

Saiba que com muito tempo e amor, acredito que nosso doce cachorro ficará cada vez mais confiante. E se você precisa de um Dogwalker profissional e bem treinado, conheça os serviços especializados da Pet Anjo.

 

Comente com Facebook