Dog Walker: onde passear com o cachorro em Florianópolis

parque_coqueiros_05

Não é chato quando a gente quer passear com o nosso cachorro, mas não sabe onde ir? Ou pior, quando não existem muitas opções pra onde ir? A gente sabe que não é fácil achar lugares pra passear com o cachorro em Florianópolis. Existem as várias praias mas, apesar das vistas paradisíacas, quase 100% delas não permitem que tutores/donos levem seus cachorros para uma caminhada ou um banho de mar. Além disso, existem lugares que em alta temporada são impossíveis de se ir! A solução, então, é aproveitar parques, praças, ciclovias e, por que não uma trilha em Florianópolis!

 

É comum a gente ver pessoas lamentando. “Ah, que pena que seu cachorro passeia pouco” ou donos comentando “Ah, eu não costumo sair muito com ele”. E essas frases têm sentido. Você sabia que passear com seu cachorro contribui para evitar que ele tenha problemas comportamentais e de saúde? Muitas pessoas reclamam que seus cachorros são hiperativos, destrutivos, ansiosos, latem demais, etc. Isso tudo pode ter muito a ver com o acúmulo de energia nos cachorros, mas a maioria dessas pessoas nem imagina que a solução pode ser simples e acessível.

 

Em Florianópolis as pessoas costumam ter casas abertas com quintais enormes e isso leva muitos a imaginarem que, por conta desses quintais grandes, não é necessário passear com o cachorro. Outro erro é acreditar que brincar durante 15 minutos sem parar vai deixar o cachorro relaxado, calmo ou menos destrutivo. Com essa brincadeira excessiva ao invés de o cachorro voltar para casa calmo após um bom passeio, ele só ficará cansado, ofegante e mesmo assim continuará eufórico.

 

[info_box color=”blue” width=”100%” float=”left” text_align=”left”]

O ponto de vista do cachorro:

– Um passeio de 30 minutos diários não é o suficiente, os cachorros estariam caminhando quase 80% do dia.

– Um quintal grande do ponto de vista humano é um cubículo para um cachorro, que teria territórios de poucos milhares de metros quadrados.

– Passeios de final de semana não são diversão e exercício o suficiente, muito menos escape para sua energia.

– 10 brinquedos de squeacky não oferecem a diversidade, desafios e complexidade que a vida livre oferecia.

– Os mesmos 40 brinquedos que estão na cesta há 1 ano, não são mais estimulantes como eram há 1 ano atrás.

Lembre-se: você deve brincar diariamente com seu cachorro, é relaxante e muito prazeroso, mas nunca tente substituir o passeio com uma brincadeira de correr pela casa.

[/info_box]

 

Mas então onde posso passear com o cachorro em Florianópolis?

Apesar de não poder levar o seu cachorro à praia, em Florianópolis existem outras atividades super divertidas. Passeios ao ar livre e que exercitarão seu cachorro na necessidade dele. Florianópolis tem parques lindos, praças maravilhosas… Mas também nem todos aceitam cachorros. Aqui vão algumas dicas de onde fazer uma atividade física e curtir o momento com seu cachorro.

 

Parques

Uma ótima opção para relaxar, aproveitar o verde, tirar várias fotos com o peludo (aproveitando a onda das selfies e paus de selfies) e, o melhor: passear com seu filho cachorro! Mas, infelizmente, também não são todos os parques que aceitam animais, mesmo que de pequeno porte. Mas não se preocupe! Separamos alguns dos que aceitam para você ter diversas opções para se divertir no final de semana com a família completa, sem deixar ninguém em casa!

 

Alguns parques que são ótimos para você passear com o cachorro em Florianópolis:

 

  • Parque dos Coqueiros: é localizado na entrada do bairro Coqueiros, região continental de Florianópolis, tem uma área de aproximadamente 50.000 m^2. O parque dos Coqueiros oferece uma pista de caminhada e ciclovia de 850 m, quadras de futebol de areia, uma quadra de futebol com grama sintética, quadra de vôlei, academia, aparelhos para alongamento, parque infantil, um lago e uma área gramada enorme, cheia de sombras onde você pode aproveitar e correr, brincar, passear, se refrescar, ler e relaxar com a companhia indispensável do seu cachorro. O acesso ao parque é livre e o o estacionamento é bem grande!

 

O Parque dos coqueiros é um ótimo lugar para levar o cachorro para dar uma volta

O Parque dos coqueiros é um ótimo lugar para levar o cachorro para dar uma volta

 

  • Parque da Luz:  é localizado próximo à cabeceira da Ponte Hercílio Luz. O parque conta com 37.000 m^2 e, apresar de ser rodeado de prédios, é uma região bem tranquila no centro de Florianópolis. O parque oferece um campo de futebol, um parque infantil e uma grande área verde, com muitos bancos. Ideal para passeios, brincadeiras e relaxamento com o cachorro. Muitos usuários, no entanto, declararam que não é um parque muito seguro, porque é um pouco deserto, principalmente durante a semana. O acesso ao parque é livre e quem optar por ir de carro precisa estacionar nas ruas que rodeiam o parque.

 

O Parque da Luz é uma área tranquila para se passear com o cachorro

O Parque da Luz é uma área tranquila para se passear com o cachorro

 

Praças

Praças são uma opção muito boa para quem não quer enfrentar um mundaréu de gente nos parques maiores, ou para quem que não é acostumado a passear muito com seu cachorro. Se você quer evitar que ele comece a latir para todos os outros cachorros, bicicletas, pessoas, árvores, bancos, bolas de futebol, crianças, pipas…. Essas são boas opções.

 

Algumas praças que são ótimas para você passear com o seu cachorro em Florianópolis:

 

  • Praça XV de Novembro: localizada bem no centro da cidade, a praça XV de Novembro oferece sombra de diversas árvores muito bonitas: palmeiras, cravos da Índia , ficus indiana e uma enorme figueira no meio. A praça se tornou passagem obrigatória de todos que moram, visitam ou passam por Florianópolis. Seja a passeio, a trabalho ou, até mesmo, para uma passagem rápida.

 

A figueira no centro da praça proporciona uma sombra ideal para passeios frescos

A figueira no centro da praça proporciona uma sombra ideal para passeios frescos

 

  • Praça Getúlio Vargas: mais conhecida como Praça dos Bombeiros, é ótimo lugar para descansar sob a sobra das árvores e passear tranquilamente com seu cachorro. A praça oferece uma fonte que, apesar de muitos relatos de descuidos, tranquiliza o ambiente com barulhinho de água corrente, um parquinho com uma casinha para brincadeiras e muito verde. Infelizmente, alguns usuários da praça e moradores de Florianópolis relataram que a praça fica sem segurança nenhuma a partir do anoitecer.

 

A fonte da praça tem um barulhinho de água corrente que oferece tranquilidade para os moradores

A fonte da praça tem um barulhinho de água corrente que oferece tranquilidade para os moradores

Trilhas

Fazer trilhas em Florianópolis é uma opção excelente para você se exercitar e passar um tempo junto do seu cachorro

Passeio mais incomum que praças e parques, porém também muito válido quando o assunto é se divertir, se exercitar e passar um tempo de qualidade com seu peludo!

Mas preste atenção! Trilhas requerem mais cuidados e planejamento com o ambiente, com suprimentos e, principalmente, com a saúde do seu cachorro.

 

Fizemos uma lista de ítens para você checar antes de se aventurar em uma trilha junto com seu melhor amigo:

Água

Sem sombra de dúvidas, água é o item mais importante da nossa lista. Quem consegue fazer qualquer coisa sem uma água fresca, né? Além de levar água, é obrigatório fazer umas paradinhas para você e seu cachorro se hidratarem. Afinal, em mata fechada faz muito muito muito calor e é muito úmido! O ideal é levar a água em garrafinhas térmicas para ela se manter fresca e geladinha, assim, além de hidratar, ajuda a refrescar. Vale a pena também procurar um potinho dobrável, específico para cachorros. São super fáceis de encontrar em pet shops e cabem em qualquer sacolinha ou mochilinha.

Petiscos ou ração

Assim como nós, nossos cachorros também sentem uma fominha chata no meio do caminho, por isso é uma boa ideia levar algo saudável para alimentá-los. Mas não precisa encher ele de ração, petisco, biscoito… Ele pode até passar mal de tudo isso! O ideal é o cachorro comer cerca de 1 hora antes de vocês saírem de casa e, durante o passeio, ir dando uma mão de ração ou um petisco por vez. Pequenas quantidades, em alta frequência. Frutas também são ideais para trilhas, hidratam, são gostosas e muito nutritivas. Preste atenção para escolher as frutas! Nossos cachorro não pode comer todas que nós comemos!  Umas opções legais de frutas são: melancia, maçã, banana (ideal para esportes) e melão. NUNCA dê uva, cachorros são extremamente intolerantes a uva, pode até matá-los!

Dinheiro

Não precisa levar toda sua economia, nem quebrar seu porquinho, um pouquinho já basta! Uns 15/20 reais para pagar estacionamento no local (caso opte por ir de carro), um pouco mais pra você almoçar e um pouco para emergências!

Celular

Muitas pessoas que fazem trilhas em Florianópolis dizem que os celulares pegam área e que até funciona a internet 3G. Portanto, nada de desculpas! Celular é essencial para, em caso de acidentes, avisar a família, pedir ajuda ou se localizar via GPS

Saquinho para cocô

Não é horrível quando andamos na rua e temos que desviar de algo que mais parece um campo minado de fezes? Pois é, em trilhas não é nem um pouco diferente! Infelizmente, a trilha não conta com lixeiras pelo seu caminho, por isso, você terá que ser 1000x mais consciente e, além de pegar do chão, carregar o cocô do seu cachorro até o final!

E claro, não podemos esquecer de te lembrar de levar uma mochila para carregar tudo! 

O ideal é uma mochila de costas que seja confortável, segura, impermeável. É interessante também que você fique com as mão livres para, além de segurar a guia do seu cachorro, tirar umas fotos e postar na sua rede social preferida. NUNCA esqueça do protetor solar e repelente, tanto pra você quanto para o seu cachorro!

 

Fazer trilhas com seu cachorro pode ser uma diversão e um exercício alternativos!

Fazer trilhas com seu cachorro pode ser uma diversão e um exercício alternativos!

 

Mas e quanto as lindas praias de Floranópolis?

Com esse calor exaustivo que vem fazendo, quem consegue morar em Florianópolis e não ir à praia? Ninguém!

No nosso mundo ideal, nossos pets podem ir conosco  para todos os lugares e todos eles teriam os cuidados e o amor que merecem e precisam (afinal, eles são tão parte da nossa família como nossos filhos, irmãos e primos). Mas nós sabemos que, infelizmente, não são todos os pets que são saudáveis e que nem todos os donos têm condições ou tempo de levar o seu pet ao veterinário regularmente.

Portanto, é com pesar (pois, repetindo: no nossos sonhos, nossos pets podem nos acãompanhar em nossas maiores aventuras, seja onde e como for, e todos os pets são cuidados e amados como eles merecem) que informamos que a lei 094/01, Art. 8º define que: “É expressamente proibida a presença de cachorros, gatos ou outros animais em praias a qualquer título”.

 

cachorro não pode ir à praia

Cachorro e praia: um tabu muito discutido em Floripa.

 

 

Essa lei também se aplica às lagoas, como a Lagoa da Conceição e a Lagoa do Peri. E ainda à alguns parques e lugares públicos de Florianópolis.

[info_box color=”blue” width=”100%” float=”left” text_align=”left”]

Mas por que não posso levar meu pet para a praia? Que injusto!

Muitos donos se perguntam o porque de não poderem levar seu cachorro para correr na areia ou mergulhar no mar geladinho com eles, bom, a resposta é que eles podem trazer consigo várias doenças!

O que muitas pessoas não pensam é que pets que são cuidados, levados ao veterinário constantemente e que tomam todas as vacinas exigidas, têm uma chance mínima de passar alguma doença ou verminose, mas nem todos têm essa sorte de serem cuidados do jeito que precisam, portanto é necessária uma fiscalização ou, quem sabe, algum programa que junte toda a população em prol da saúde dos pets.

A lei foi baseada no argumento de que a presença de animais na praia pode trazer doenças para os visitantes adultos, idosos e principalmente para as crianças, que, por ficarem fazendo castelinho, têm maior contato com a areia.

Algumas doenças que a presença de animais nas praias pode trazer são: micoses de pele, parasitas,  e diversos fungos podem ser transmitidos tanto para os humanos, como para os próprios animais. Além de que, animais são imprevisíveis, eles podem se irritar com algo e acabarem ferindo alguém ou ingerirem restos de peixes e crustáceos, areia ou água salgada.

[/info_box]

Posso passear pelas praças acima mesmo que minha cadela esteja no cio?

De preferência, NÃO! Nada de rua, praça, parque ou trilha, mas se ela tiver que sair a qualquer custo, opte por sair só no jardim ou preste MUITA atenção na rua!

Se você não quer que sua cadelinha se torne um ímã para todos os cachorros machos do bairro, você vai ter que mantê-la em casa durante a duração do cio da cadela. Caso seja extremamente necessário passear na rua tenha muito cuidado para mantê-la em segurança: use a guia curta, sob controle e longe de machos.

Castrar pode ajudar!

O principal objetivo de castrar o seu cachorro é, obviamente, prevenir que ele tenha filhotinhos e, para isso, o procedimento é extremamente efetivo. A cirurgia de castração começou a ser usada nos EUA nos anos 70 e desde então só vem diminuindo a quantidade de filhotinhos abandonados na rua ou em abrigos – alguns até fazem campanhas de castração de filhotes.

Aqui neste post te dizemos algumas das milhares vantagens de castrar a sua cachorrinha!

 

Prefira horários mais amenos, nos quais o sol não esteja tão forte: antes das 10h da manhã e depois das 16h é o ideal!

 

 

Nós da Pet Anjo também amamos passear com os cachorros dos nossos clientes. E adivinha? Nossos clientes nos contam o que acharam do nosso serviço de Dog Walker!

Nós temos Anjos da Guarda para seu cachorro em Florianópolis. Profissionais capacitados com nossos exclusivos certificados internacionais, que oferecem serviços de dog walker, pet sitter e hospedagem familiar para pets em Florianópolis. Quer conhecer mais?

 

Amamos saber que nossos clientes gostam dos nossos passeios!

Amamos saber que nossos clientes gostam dos nossos passeios!

Visite nosso site: www.petanjo.com.br

Ou entre em contato através do: (48) 9166-3791 (vivo) ou do email contato@petanjo.com

Você tem sugestões, críticas, atualizações ou comentário sobre esses lugares de Floripa ou gostaria de nos contar sobre um lugar novo que você costuma visitar com o seu pet? Nós adoraríamos te ouvir. Comente aqui no post ou nos mande um email!

Você acabou de ler – Dog Walker: onde passear com o cachorro em Florianópolis


Temos uma equipe pronta para te ajudar, nos conte mais sobre o seu pet 🐶🐱

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Seu telefone

 Dog Walker (Passeio) Pet Sitter (Visita) Hospedagem familiar

Nos conte mais sobre seu peludo

Comente com Facebook
2 Comments

Leave a Comment