Como acalmar um cachorro muito agitado

Cachorro Agitado - Pet Anjo

Como Acalmar Cachorro Muito Agitado

Você já viu um cachorro que mesmo em um momento de muita excitação se manteve calmo e paciente? É provável que tenha visto muito mais cachorros muito agitados, que não conseguem controlar seus impulsos, que parecem não conseguir controlar a excitação. As vezes essa falta de controle em situações de agitação pode se tornar um problema comportamental bem difícil de reverter. Perseguir carros e motos, pular para cumprimentar pessoas, latir para todos os cachorros da rua…

E será que um cachorro muito agitado pode aprender a controlar essa agitação? A resposta é sim. E nós vamos te explicar como nesse artigo como fazer isso. Antes de tudo é importante lembrar que o que acontece logo depois do comportamento do seu cachorro, se você briga com ele, faz carinho, elogia, vai fazer fazer com que esse comportamento se repita ou não no futuro. Todos os tipos de consequências influenciam o desenvolvimento do controle de impulsos, pra bem ou pra mal. Felizmente a maioria dos cachorros podem aprender a ser mais calmos e controlados através da interação com humanos, outros cachorros e através de brincadeiras.

Interações e brincadeiras com seus tutores é o melhor método para ajudar cachorros agitados!

Interações e brincadeiras com seus tutores é o melhor método para ajudar cachorros agitados!

Relaxar é importante!

A maioria dos cachorros muito nervosos não entendem que relaxar é uma opção. Ensinar para eles, principalmente quando filhotes, que sentar e permanecer calmo é um comportamento pelo qual ele vai ser recompensado com algo muito bom, é o primeiro passo da nossa jornada.

Vamos listar duas atividades que você pode incorporar na sua rotina para ensinar ao seu cachorro que se acalmar é sempre uma ótima opção:

  • Primeiro, quando você encontrar seu cachorro relaxado (deitado, sentado calmamente, etc), se aproxime com muita calma. Se aproxime com passos leves, e com a v
    Pare e espere que seu cachorro deite do seu lado. Logo após, recompense-o

    Pare e espere que seu cachorro deite do seu lado. Logo após, recompense-o

    oz baixa, elogie-o. Com um toque suave faça carinho e deixe um petisco que ele goste muito na frente dele. Durante as primeiras vezes que você fizer isso, provavelmente seu cachorro vai levantar e te seguir para ver se ganha mais algum petisco. Se isso acontecer, simplesmente volte a fazer o que você estava fazendo antes de dar a recompensa. Depois de algumas vezes, seu cachorro vai aprender que a recompensa é por permanecer quieto e vai continuar assim. 

  • O próximo passo é recompensar seu cachorro quando ele relaxar do seu lado. Comece levando seu cachorro para passear deixando a guia curta, para que ele não seja estimulado por estímulos externos. Vá para um lugar muito calmo, sem outros animais e pessoas, e que o seu cachorro goste bastante (pode ser uma praça ou um parque). Fique de pé ou sente-se e espere até que o seu cachorro deite no chão – sem estimulá-lo antes e, principalmente, sem forçar seu corpo para baixo. Você pode ter que esperar um bom tempo até que seu cachorro realmente relaxe e deite. (Esse tópico é um bom exercício para os tutores também! O tutores que forem mais ansiosos, podem trabalhar o seu comportamento junto com o do seu pet, né?)

Assim que seu cachorro deitar, diga calmamente um elogio como “bom menino!” e deixe um petisco bem em frente a ele. Se ele permanecer deitado por um longo tempo, você pode oferecer mais um petisco para recompensá-lo pela iniciativa. 

Dica: não use nenhum tipo de clicker ou outro tipo de marcador de comportamento para esse exercício, já que podem deixar o cachorro mais agitado ao invés de acalmá-lo. E não recompense o seu cachorro caso ele esteja olhando fixo para o petisco, se movendo, excitado. Espere até que ele não esteja mais pensando na recompensa para deixar um petisco em frente a ele. 

Esperar vale a pena!

Sentar e simplesmente esperar é um dos métodos mais usados para ajudar um cachorro muito agitado a aprender a ser calmo. O ato de permanecer sentado quando você vai para outro lugar, ou mesmo em situações de extrema distração, é um sinal de que o cachorro está controlando seus impulsos. Recompense esse comportamento com algo bem gostoso cada vez que ele permanecer sentado e calmo. 

Treine seu cachorro a sentar antes de receber qualquer tipo de recompensa! Fazê-lo sentar e relaxar e depois dar o petisco ou soltá-lo da coleira, fará com que ele associe o relaxamento com algo gostoso.

Treine seu cachorro a sentar antes de receber qualquer tipo de recompensa! Fazê-lo sentar e relaxar e depois dar o petisco ou soltá-lo da coleira, fará com que ele associe o relaxamento com algo gostoso.

   Para tornar esse passo mais fácil e divertido, tanto para você, quanto para seu cachorro, tente pedir que ele sente antes de todas as atividades que seu cachorro gostar  de fazer. “Senta” antes de sair para passear. “Senta” antes de iniciar uma brincadeira. “Senta” antes do jantar ou petisco. “Senta” antes de soltá-lo da guia para correr  em algum campo cercado… Qualquer situação em que seu cachorro estiver muito excitado para que comece logo, faça-o sentar e relaxar primeiro. Logo seu cachorro  começará a associar o ato de sentar e esperar com a situação de prazer e diversão, a boa consequência. 

Se o seu cachorro tiver um passeador / dog walker, você pode combinar com ele para que, sempre, antes dos passeios, ele peça para o cachorro sentar. E se o seu  cachorro ainda não tem o hábito de passear diariamente, considere essa hipótese! Passear, além de estimular fisicamente o seu cachorro, mantém ele calmo e livre de  tédio (que, na maioria dos casos, é o principal causador da agitação). Se quiser saber mais sobre os benefícios do dog walker e de estabelecer uma rotina de passeios  diários (passeio de verdade, não vale o porteiro levar o cachorro até a outra rua só para fazer xixi e cocô) você pode entrar no nosso site e ler mais sobre esse  serviço aqui.

 Dica: 

Primeiro, peça um simples e breve “senta” para o seu cachorro antes de soltá-lo para brincar ou dar-lhe um petisco. Se ele não sentar quando você pedir, afaste-  se do que agita seu cachorro e peça novamente. Vá aos poucos se aproximando da fonte e aumente o tempo que o seu cachorro deve permanecer sentado até ser  recompensado. Lembre-se de recompensar seu cachorro, principalmente, se ele começar a se antecipar e sentar antes mesmo de você pedir. Esse comportamento é um  sinal de que ele está controlando seus impulsos. Muito bem!

Faça o treinamento parecer um jogo.

Um passo muito importante para atingir o controle dos seus impulsos é fazer com que o cachorro se acalme e permaneça calmo, mesmo bem em frente ao que o estimula. Um bom exercício para ajudar o seu cachorro a acalmar rapidamente é brincar de “pega”. No começo pode ser um pouco trabalhoso, mas vocês (você e seu cachorro) logo acostumam e o jogo flui. Para o bom funcionamento, seu cachorro precisa aprender comandos como “vai” ou “pega”, “solta”, “deita” ou “senta” e um gatilho para dizer que o jogo acabou, algo como “ok” ou “muito bem”.

Quando estiver treinando pela primeira vez, faça devagar, em um ritmo que mantenha seu cachorro calmo. Comece o jogo lançando um brinquedo e dando o pedido “pegue!”, logo após, use o pedido “solta”. Assim que ele soltar, diga a palavra final “ok” e recomece o jogo. Repita esse primeiro passo quantas vezes achar necessário, até que o seu cachorro entenda que responder aos pedidos e soltar o brinquedo é o que faz o jogo fluir. 

Para ajudar cachorros muito agitados, principalmente filhotes, a melhor coisa é tratar o treinamento como uma brincadeira.

Para ajudar cachorros muito agitados, principalmente filhotes, a melhor coisa é tratar o treinamento como uma brincadeira.

Próximo passo é adicionar o pedido “deita”. Repita os primeiros pedidos de “pega”e “solta” e assim que ele soltar o brinquedo, fale o “deita”. Quando ele deitar por completo, fale a palavra final “ok” e comece o jogo novamente. Assim como no passo anterior, você deve repetir este quantas vezes forem necessárias até o cachorro entender e responder aos pedidos.

Depois de ele ter aprendido e realizado os passos certinho, comece o jogo e, assim que ele atender ao pedido para soltar o brinquedo, não fale o “deita”. Ao invés disso, espere para que ele deite sozinho – ele pode não entender no começo e tentar chamar a sua atenção de alguma forma, continue esperando até que ele experimente deitar e imediatamente recomece o jogo.

Quando o seu cachorro já estiver entendendo o pedido de deitar, você poderá tentar aumentar o tempo que ele fica deitado. No começo dois ou três segundos são suficientes, mas aos poucos vá esperando cada vez mais para falar “ok” até que ele mostre-se calmo. 

Dica:

Se o seu cachorro se mostrar muito agitado com esse jogo, você pode adaptá-lo para uma versão mais calma. E também, se o seu cachorro não tem costume ou não gosta de brincar de pegar, você pode usar outro gatilho para a brincadeira, pode tentar correr junto e parar nos pedidos (o que é um ótimo exercício).

Ensine seu cachorro a prestar atenção naquilo que você quer que ele preste atenção.

Esse passo consiste em tirar a atenção do seu cachorro daquilo que ele quer (latir, se jogar, rosnar…) e fazer com que ele preste atenção naquilo que você quer que ele preste.  Ou seja, fique calmo, focando no que importa.

Nesse passo, seu cachorro pode levar bastante tempo até associar o ato de desistir do petisco da mão esticada e se acalmar, a ganhar um petisco muito bom. Portanto, paciência em alta!

Nesse passo, seu cachorro pode levar bastante tempo até associar o ato de desistir do petisco da mão esticada e se acalmar, a ganhar um petisco muito bom. Portanto, paciência em alta!

Você pode começar esse exercício tendo as suas duas mãos cheias de petiscos, uma delas com os petiscos favoritos do seu cachorro e outra com um petisco que ele não tenha tanto interesse (por exemplo: em uma mão você pode por um biscoito natural e na outra, um biscoito com sabor e pedaços de carne). Para começar, estenda a mão fechada com o petisco não tão interessante para frente e deixe o petisco favorito dele para trás. Deixe que o cachorro cheire, lamba e tente pegar o petisco.

Assim que seu cachorro se acalmar e se afastar da sua mão, dê-lhe um dos petiscos que ele gosta e marque o momento com uma palavra gostosa, como “boa!” ou “isso mesmo!”. Lembre-se de ser paciente, nas primeiras tentativas podem demorar alguns minutos para que seu cachorro desista de tirar o petisco da sua mão. 

Assim que ele entender o jogo e já se afastar rapidamente da sua mão, troque os petiscos de mão, mas continue deixando os não tão interessantes para frente. Quando ele entender mais esse truque, comece a esperar uns segundinhos antes de dar o petisco bom. Preste atenção a ele. Quase sempre, depois de um tempo sem receber a recompensa, ele te olhará com uma carinha de confuso, tentando entender o porque de não ter recebido a recompensa pelo comportamento. Assim que ele te olhar dessa maneira, fale o reforçador “boa!” e dê-lhe o petisco.

Dica: seja paciente com seu amigo, deixe que ele descubra o que o faz ganhar a recompensa. 

Truques e mais truques.

A maioria dos cachorros ama correr, brincar e pegar. Assim como no passo “esperar vale a pena”, você pode ensinar seu cachorro a fazer qualquer tipo de comportamento antes de começar uma brincadeira que ele adore.

Dessa vez, ao invés de pedir para o cachorro sentar antes de ter o que gosta, peça para que o cachorro tenha um comportamento ativo – algo que o faça se mexer –  antes de jogar um brinquedo ou de soltá-lo da guia para correr. Você pode experimentar pedidos “dá a pata”, “gira”, “rola” ou até, se ele já estiver bem mais calmo e obediente, deixá-lo em um lugar sentado e pedir para que ele corra até você em uma distância relativamente pequena. Ensinar o seu cachorro a fazer atividades como essas e ainda prestar atenção em você é um ótimo exercício para treinar a atenção dele mesmo com a adrenalina lá em cima. 

Seu cachorro pode gostar muito desse método! Afinal, cachorros agitados gostam é de se mexer, só que agora, ele faz os truques ensinados e ainda ganha petisco! Um jeito gostoso de aprender.

Seu cachorro pode gostar muito desse método! Afinal, cachorros agitados gostam é de se mexer, só que agora, ele faz os truques ensinados e ainda ganha petisco! Um jeito gostoso de aprender.

   Isso ajuda o seu cachorro a te entender melhor, mesmo quando quer muito sair correndo, brincar com outros cachorros ou pegar o brinquedo – um  desafio realmente muito difícil para alguns cachorros.

   Dica: não espere que seu cachorro acerte de primeira, colabore com o aprendizado dele. Primeiro, peça comandos que você já tenha ensinado antes.  Alguns cachorros podem amar esse exercício e considerar os truques ainda mais legais. Outros não gostarão muito por que não entenderão o por que  de ter que fazer tantos truques para poder correr no campo. Para manter seu cachorro ativo, experimente pedir algo fácil por vez e sempre  recompensá-lo muito bem.

 

Colabore com seu cachorro!

Construir um controle sobre os comportamentos de um cachorro muito agitado pode tomar tempo e muita paciência – mas pense pelo lado bom, você está passando um tempo muito gostoso com o

Não é por que eles são muito agitados que não podem ter mais agitação! Entre um exercício e outro, é fundamental que você encaixe momentos de descontração.

Não é por que eles são muito agitados que não podem ter mais agitação! Entre um exercício e outro, é fundamental que você encaixe momentos de descontração.

seu pet, ensinando-o a ser um companheiro ainda melhor! Ao invés de pensar nisso como parte de um exercício para o seu bem estar, faça com que o cachorro entenda que ter um comportamento calmo é o melhor jeito de manter a brincadeira fluindo e o melhor jeito de ganhar recompensas.

Manter o controle dos impulsos pode ser uma atividade realmente desafiadora para cachorros muito agitados, por isso é importante que você balanceie todas os exercícios de controle com momentos de brincadeira livre, onde seu cachorro pode se soltar, correr e realmente ser livre. Lembre-se disso, para manter um cachorro focado e, principalmente, entusiasmado com os exercícios, você deve balancear cada atividade controlada com muitas outras livres.

Por exemplo, se você está fazendo o exercício de pegar e soltar, a cada 2 ou 3 minutos de exercício, faça uma pausa e simplesmente jogue o brinquedo para seu cachorro pegar, corra por ai com ele, se divirtam! Uma ótima fórmula para esse tipo de treinamento é, a cada 2 minutos de treinamento, encaixar 5 minutos de brincadeiras.

Fazer com que seu cachorro consiga controlar sua agitação pode levar tempo. Alguns cachorros podem pegar rapidamente o intuito de cada exercício, outros podem demorar bastante tempo. Mas não se preocupe e, principalmente, não se estresse! Experimentar, comparar e, principalmente, se divertir junto do seu cachorro são as chaves para treinar um cachorro muito agitado.

Ebook Viagens

Comente com Facebook
0 Comments

Leave a Comment