Nossos amigos da Automobi escreverem um post bem bacana sobre viagens com pets no carro e decidimos compartilhar com vocês por aqui também!

Você já conhece a Automobi? Ainda não? Eles são uma plataforma que ajuda os proprietários de veículos a manter a saúde do carro em dia. Através de algoritmos, eles conseguem entender as necessidades de cada usuário e conectá-los as mais de 100.000 oficinas e concessionárias em todo o Brasil.

Saiba mais sobre a Automobi aqui

Como viajar com seu pet no carro

Se você tem um cachorro, um gato, ou qualquer outro pet e está acostumado a passear com ele de carro pela cidade, você sabe que nem sempre é fácil mantê-lo quieto por todo o trajeto. E se para fazer apenas um passeio já pode ser complicado, só imagine viajar de carro com ele então!

Mas nós sabemos o quanto somos apegados aos nossos bichos e mesmo assim topamos nos aventurar e pegar a estrada com eles. Por isso, vamos te ajudar com dicas que vão ajudar você viajar com seu pet no carro.

Para começar, já pode esquecer aquela cena clássica do cachorro curtindo o vento na cara. Além de perigoso, pegar vento a uma velocidade alta (velocidade média de uma estrada) pode ser extremamente prejudicial para os ouvidos e saúde do seu animal.

1- Acostume seu pet.

Comece levando seu bicho por um período maior no carro. Deixe que ele se acostume com distâncias mais longas dentro do veículo para que não se sinta mal durante uma viagem.

2- Transporte seguro

Transportar seu cachorro livremente dentro do carro não é muito seguro para ele. Além de não possuir algo para reter a sua desaceleração repentina, o animal pode acabar tirando sua atenção da estrada enquanto se move pelo carro.

Procure adequar seu animal de acordo com o porte dele. Para animais pequenos, existem caixas para transporte seguro de animais (não precisa ser aquela jaulinha) que se prendem ao cinto de segurança do carro. Para os animais de médio e grande porte você pode utilizar um adaptador de corrente que se conecta ao cinto de segurança. Assim ele vai poder se aconchegar nos bancos traseiros e ficar conectado ao carro.

3- Leve petiscos, brinquedos e carinho

Para um gato ou cachorro hiperativo, passar muito tempo dentro de um lugar fechado e sem poder se movimentar demais é muito triste. Por isso, você pode levar alguns petiscos leves, brinquedos e fazer uns carinhos para que ele se distraia e passe o tempo com menos estresse.

4- Não alimente muito seu cachorro antes da viagem

Por mais que você pense “vou ficar muito tempo na estrada, ele vai ficar com fome”, encher seu animal de comida antes de viajar pode causar enjôo. Além de facilitar as chances dele se aliviar das necessidades dentro do carro. O ideal é que coma pelo menos quatro (4) horas antes da viagem e beba água uma (1) hora.

5- Leve o documento de vacinação do animal

A ficha de vacinação do seu cachorro é um documento que pode te ajudar com os maiores cuidados de saúde. Além de comprovar o registro de que o animalzinho te pertence, você estará precavido caso precise levá-lo a um veterinário.

6- Faça paradas regulares

Quando se viaja em grupo, o motorista deve sempre ficar atento às necessidades de parada dos outros passageiros. Com os animais não deve ser diferente. Fique atento à necessidade de parar para dar uma volta, alongar as pernas, beber água e comer um pouco. Seu bichinho não pode falar, por isso faça um cronograma com paradas que respeitem um intervalo de tempo saudável para ele. (não adianta esperar ele pedir pra parar o carro)

7- Fique atento às multas

Essas são dicas para levar seu pet em uma viagem com segurança, mas não existem leis de transito que obrigam ele estar preso ao cinto de segurança ou, muito menos, que obriguem o condutor do carro a realizar paradas.

Mas se você vai levar seu animal solto no carro, fique atento. Se seu cachorro colocar a cabeça para fora da janela, ficar entre suas pernas e braços, ficar entre o motorista e a porta esquerda ou até mesmo caso você retire as mãos do volante para dar atenção ao seu pet, tudo isso está sujeito à multa perante o código brasileiro de trânsito.

Essas são nossas dicas para que você viaje com seu pet no carro e mantenha a segurança.

Se você tem dicas para nos ajudar ou gostaria de compartilhar o nome do seu animal de estimação, estamos aqui!

Comente com Facebook