Sempre que chegamos a determinadas épocas do ano, como o réveillon, natal, festas juninas e julinas, e até mesmo os anos de copa do mundo, os tutores de cães ficam preocupados, pois muitos pets sofrem com os fogos e barulhos altíssimos durante as comemorações, mas afinal, por que cachorro tem medo de fogos artifício?

A realidade é que nem todos os cães têm medo de fogos. Mas aqueles que tem, certamente ficam muito assustados durante essas comemorações.

Continue a leitura para entender por que os cães têm medo de fogos e confira dicas para amenizar o sofrimento do seu animal de estimação.

Cachorro da raça Bulldogge com medo de fogos de artifício

Por que cachorro tem medo de fogos?

Quando comparados aos seres humanos, os cães possuem uma sensibilidade auditiva muito aguçada.

Portanto, eles recebem uma alta frequência de sons. Podendo ouvir timbres inaudíveis a percepção humana e captá-los até quatro vezes mais distantes.

Em razão disso, a queima de fogos e excesso de barulho em comemorações torna-se um momento de desespero.

Pois os pets podem entender os barulhos como uma grande ameaça. E isso gera medo, e muita agitação em animais domésticos e silvestres.

Além disso, existem outras razões adversas que podem gerar medo de fogos em cachorros, entre elas estão: gatilho de estresse e aversão ao desconhecido.

Cachorro da raça Golden retriever deitado no sofá com medo dos fogos

De acordo com o médico-veterinário comportamentalista consultor da Pet Anjo, Dr. Daniel Svevo:

“Os fogos de artifício têm uma intensidade de barulho que é prejudicial à audição dos animais, e dos humanos também. Além disso eles não possuem um padrão ou previsibilidade, o que pode gerar ainda mais ansiedade, nervosismo e medo no animal.”

Como saber se o cachorro tem medo de fogos de artifício?

Para identificar que o seu cão está com medo, basta observar sua linguagem corporal, pois certamente um cão com medo de fogos terá alguma das seguintes reações: agitação, choro, latido ou tremedeira.

Além disso, o grande estresse gerado no anima pode levá-lo até mesmo a problemas como convulsões, vômito e desmaio.

O que fazer quando o cachorro tem medo de fogos de artifício?

Se você não sabe o que fazer para amenizar os impactos que os fogos de artifícios causam nos cães, confira a seguir um infográfico com 5 dicas muito importantes. 

 

Confira o que fazer quando o cachorro tem medo de fogos de artifício

Dica bônus

Para fechar a nossa lista de como ajudar um cachorro com medo de fogos, lembre-se que o animal não pode ficar sozinho durante esses eventos.

Por isso, A Pet Anjo conta com Profissionais Parceiros que vão adorar cuidar do seu pet enquanto você não pode estar com o seu animal de estimação.

Os serviços ideais para essas ocasiões são: Hospedagem Pet, Pet Sitter e Creche Pet.

Além disso, existem alguns produtos para acalmar o cão, como o Adaptil, por exemplo.

Ele um difusor que deixa no ambiente um odor sintético idêntico aos feromônios emitidos pelas fêmeas.

E, ele pode ser usado tanto filhotes quanto adultos. Isso transmitirá uma sensação de segurança e conforto para os cachorros.

Cachorro com medo de fogos

Para mais dicas sobre comportamento canino, visite nosso Instagram e Facebook, lá a gente te explica tudo para garantir uma vida feliz e saudável ao seu pet!

Comente com Facebook