Cachorro Bravo – O que fazer?

Os cães com comportamento agressivo não nasceram dessa maneira, com características e comportamentos agressivos. O que acontece muitas vezes é que os tutores as vezes não sabem qual a melhor maneira de treinar e educar seus pets. E essa falta de conhecimento faz com que o cão responda aos comandos de maneira violenta ou agressiva.

Os cães, assim como os outros animais adquirem hábitos e comportamentos agressivos  por diversos motivos. Normalmente, os comportamentos agressivos surgem quando os dogs se encontram em uma situação onde sentem medo ou então por guarda de recurso.

como acalmar cachorro bravo

O tutor que frequentemente não percebe os sinais que antecedem comportamentos agressivos do seu cãozinho, certamente vai se deparar com um cão de difícil convívio no futuro. A responsabilidade do temperamento de um cão é sempre do tutor.

Você pode pensar “Mas existem cães que, por natureza, tendem a ser mais protetores e territorialistas” Sim! De fato algumas raças tem um instinto mais protetor. Porém, não existe uma raça de cachorro que seja agressiva quando criada, educada e treinada da maneira correta, com profissionais e técnicas corretas!

Ou seja, essa é e sempre vai ser uma responsabilidade do tutor. E um cachorro ser bravo ou ter comportamento agressivo não significa que ele seja um cão mal. Significa apenas que ele precisa de alguns ajustes na sua rotina e, talvez, um treinamento para ajudá-lo a ser mais sociável e dócil. Acredite, ele tanto quanto você, não gosta de ficar nervoso e agressivo.

1 – O que fazer com cachorro bravo?

Como nossos peludos, infelizmente, não sabem falar, eles encontram outras maneiras pra dizer “Cara, para com isso, eu não estou gostando!“. E essas maneiras são através de linguagem corporal. Eles, através de sinais corporais, te mostram que, apesar de não quererem,  se você continuar fazendo o que eles não  estão gostando,  certamente reagirão de maneira agressiva.

cachorro com comportamento agressivo o que fazer

Se você prestar atenção nos sinais que seu cachorro apresenta, perceberá que existem várias formas de você previnir e corrigir comportamentos agressivos. Vamos listar aqui algumas dicas pra te ajudar nessa missão!

2 – Linguagem Corporal

Os cães, assim como váários ourtos animais, usam a linguagem corportal para se comunicar e se expressar.  Seja com humanos ou com outros animais. Inclusive para intimidar, tentando parecer maior, arrepiando seus pelos, o olhar fica fixo e deixando os dentes à mostra. Estes são alguns sinais de que seu dog está tenso e que pode vir a ter comportamentos agressivos

como acalmar cão bravo

3 – Evitando comportamento agressivo

Mas o que você deve fazer para evitar que seu dog tenha um comportamento agressivo com você, outros pets ou até mesmo com outras pessoas na rua? O melhor a se fazer quando você perceber que seu peludo está apresentando sinais de linguagem corporal de que está acontecendo algo que ele não está gostando é AFASTAR-SE.

Se o estímulo que o incomoda for você, deixe-o quietinho no canto dele até ele ficar mais calmo. Já se o estímulo que deixa seu cachorro agressivo for outra pessoa ou pet, e você estiver com ele na coleira, não pense duas vezes e leve-o para a direção oposta. O importante é que seu cachorro não tenha contato visual com o estímulo que não o agrada.

4 – Quando corrigir comportamento agressivo

Assim como existe entre nós, humanos, pessoas mais esquentadinhas que podem reagir de maneira agressiva quando estão nervosas, acontece o mesmo no mundo dos cães, gatos e outros animais. E assim como acontece com humanos, quanto mais “passamos a mão na cabeça” de pessoas que tem comportamentos errados, maior será a dificuldade desse hábito mudar para melhor.

cachorro agressivo o que fazer

Com nossos pequenos é a mesma coisa: quanto mais nós, tutores, passarmos a mão na cabeça ou ignorarmos o fato de que nossos peludos precisam SIM de ajuda para que haja uma mudança no seu comportamento, mais vezes isso irá acontecer e mais difícil será de reverter essa situação.

Por tanto, quanto antes você tomar a iniciativa de mudar esses comportamentos agressivos do seu cão, melhor será tanto pra você quanto para ele, e mais fácil será esse processo!

5 – Como corrigir comportamento agressivo

Como comentamos anteriormente, o primeiro passo para evitar que seu cachorro bravo tenha comportamentos agressivos é afastá-lo dos estímulos que o deixam assim. De preferência antes mesmo que ele o veja. Mas como muitas vezes não é possível evitar algumas situações e estímulos, existe outra saída!

cachorro nervoso o que fazer

Conforme você for adquirindo confiança para avançar e ajudar seu peludo a mudar seus comportamentos, você pode usar de técnicas de reforço positivo que vão fazer com que ele encare as situações que o deixam incomodado de outra maneira – Não sabe o que é Reforço Positivo? Descubra aqui!

Não entendeu nada da frase acima? Vamos dar um exemplo pra ficar mais fácil então:

Imagine que seu cachorro tenha comportamentos agressivos quando, por exemplo, ele vê uma pessoa andando de skate. Quando você e seu peludo estiverem passeando e uma pessoa se aproximar com o skate, tenha em mãos algo que ele gosta MUITO! Pode ser um petisco beeem gostoso e diferente (não aqueles que ele gosta mas que você dá toda hora pra ele. Tem que ser algo especial mesmo!).

Quando o skate estiver próximo e seu dog já começar a demonstrar sinais de agressividade, latir, puxar a guia, pegue o petisco e dê para ele. Repita isso SEMPRE que o estímulo que o incomoda aparecer. Assim, aos poucos ele vai perceber que aquilo que antes era algo ruim, sempre traz uma coisa boa, que ele adora: aquele petisco beeem gostoso. E com o tempo ele vai acabar gostando daquele estímulo que antes era algo ruim.

Dica Extra

Outra alternativa que SEMPRE ajuda é contar com a ajuda de um profissional da área. Você pode estar pensando “Eu até acredito que o investimento em um adestrador valha a pena, mas não tenho condições de pagar isso agora“. Realmente, o investimento que se faz em um adestrador de confiança, que não usa métodos de punição para treinar é muito válido. Porém nem sempre é necessário. Muitos casos, diria que pelo menos 85% deles, são tranquilamente resolvidos com alterações na rotina ou com auxílio de um Dog Walker Profissional, que é muito mais viável financeiramente que um adestrador. Nós fizemos um post aqui no nosso blog que falamos quais são  Os sinais que você realmente precisa de um adestrador

Aqui na Pet Anjo, todos os nossos Anjos (profissionais da nossa equipe) passaram por um processo seletivo super rigoroso e por uma capacitação completa para que eles possam sempre ajudar o cliente da melhor maneira possível. Encontre o profissional mais próximo a você aqui embaixo:cachorro bravo o que fazer

Comente com Facebook